Morador de Rio do Sul é internado com suspeita de coronavírus

Caso em Brusque segue sendo investigado e dois em São José já foram descartados

Morador de Rio do Sul é internado com suspeita de coronavírus

Caso em Brusque segue sendo investigado e dois em São José já foram descartados

Redação

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou mais um caso suspeito de coronavírus em Santa Catarina. Desta vez, o paciente está internado em Rio do Sul. O homem de 35 anos passou um mês na China e retornou no dia 26.

Ele buscou atendimento médico na sexta-feira, 31, alegando sentir mal-estar, dor no corpo e tosse. Na quinta-feira, 30, um homem de 30 anos foi hospitalizado em Brusque com suspeita do coronavírus 2019 n-CoV. Ambos os casos seguem sendo monitorados.

Em São José, dois já foram descartados na quarta-feira, 29. O casal que havia viajado à China contraiu Influenza B (gripe).

Coronavírus no mundo

No total, são 11.953 casos confirmados no planeta. Destes, 11.821 foram identificados em território chinês. O total de mortos permanece estável: 259 casos. Todos na China.

No Brasil, são 16 casos considerados suspeitos de acordo com o Ministério da Saúde. Dez outros casos já foram descartados. O estado com maior número de casos é São Paulo, com oito.

No Rio Grande do Sul, são quatro suspeitas e três casos descartados. A lista inclui ainda o Paraná e o Ceará, com uma ocorrência suspeita em cada.

Esclareça dúvidas sobre o coronavírus

O que é o coronavírus?
Conhecido desde meados da década de 60, o coronavírus é apenas uma cepa de uma grande família de vírus. Ele tem esse nome por causa de pequenos espinhos que possui na superfície, que lembram uma coroa. Ele ainda não possui um nome científico, mas foi apelidado pelos cientistas de 2019-nCoV.

Qual a origem desse vírus?
Ainda não se sabe exatamente a origem do vírus. Ele foi identificado pela primeira vez durante uma investigação laboratorial de casos de pneumonia em dezembro de 2019, na cidade de Wuhan, capital da província de Hubei, na China. Desde então, milhares de casos foram confirmados.

O vírus pode ser transmitido para humanos?
Outras cepas da mesma família do coronavírus possuem a capacidade de contaminar tanto animais quanto humanos. A transmissão entre humanos se dá através do contato físico, pelo ar ou por secreções. Ainda não se sabe exatamente como acontece o contágio, mas sabe-se que o vírus é transmitido com facilidade.

Quais os sintomas?
Há registros de casos assintomáticos. Mas a maior parte dos casos apresenta infecções das vias aéreas superiores (semelhante ao resfriado). Em casos mais graves, pneumonia e insuficiência respiratória aguda. Crianças, idosos e pacientes com baixa imunidade podem apresentar manifestações mais graves.

Há tratamento para o coronavírus?
Não há um medicamento específico. Indica-se repouso e ingestão de líquidos, além de medidas para aliviar os sintomas, como analgésicos e antitérmicos. Nos casos de maior gravidade com pneumonia e insuficiência respiratória, suplemento de oxigênio e mesmo ventilação mecânica podem ser necessários.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo