“Não foi um balão comemorando a família, foi um ato político e discriminatório”

Manifestantes não concordam com a representação de família disseminada pela campanha religiosa

“Não foi um balão comemorando a família, foi um ato político e discriminatório”

Manifestantes não concordam com a representação de família disseminada pela campanha religiosa

Julia Schaefer

“Somos família”: este foi o nome da manifestação em resposta à campanha que distribuiu balões pela cidade em defesa da família tradicional. Organizada nas redes sociais pelo Coletivo LGBT Liberdade, o movimento teve início às 19h, em frente à Prefeitura, contando com a presença de dezenas de pessoas que levaram balões coloridos.

A manifestação aconteceu em protesto à ação religiosa feita nesta sexta-feira, dia 9, em comemoração ao Dia da Família. Nos balões em formato de coração que foram espalhados pela cidade havia o desenho de uma família formada por homem, mulher e filhos, com a frase “Família, projeto de Deus”.

O grupo que organizou a manifestação “Somos família” não concorda com a ideia de que a família é formada apenas pela junção de homem, mulher e filhos. Luisa Von Padilla justifica a opinião dos manifestantes:

“Não foi um balão comemorando a família, foi um ato político e discriminatório. Quando coloca-se o desenho do modelo pai-mãe-filho, fica clara a ideia de qual o tipo de família eles estão celebrando, excluindo mães solteiras, avós, pais homossexuais e os diversos outros modelos de família que temos. Família é onde tem amor”, diz.

A jovem relatou que não tinha ideia do quanto a campanha religiosa havia afetado as pessoas. Ao chegar no local da manifestação, presenciou diversos relatos.

“Senti arrepios com o depoimento de algumas pessoas. Relatos de discriminação, histórias tristes envolvendo a comunidade LGBT”, afirma Luisa.

Muitos se perguntaram nas redes sociais se a sujeira deixada pelos balões seria retirada. A reportagem visitou, na manhã deste sábado, dai 9, a rua XV de Novembro e Beira-Rio, passando em frente à Prefeitura, e os balões aparentemente foram recolhidos destes locais.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio