Josué de Souza

Cientista social e professor, é autor do livro Religião, Política e Poder, pela EdiFurb.

“Não há na política ação que seja ideologicamente neutra”

Colunista descreve o conceito de ideologia para comentar afirmações do presidente eleito

Josué de Souza

Cientista social e professor, é autor do livro Religião, Política e Poder, pela EdiFurb.

“Não há na política ação que seja ideologicamente neutra”

Colunista descreve o conceito de ideologia para comentar afirmações do presidente eleito

Josué de Souza

Não há política sem ideologia

Chamou a atenção de todos os que acompanham a cena política uma declaração no Twiter feita pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmando que “A questão ideológica é tão, ou mais grave, que a corrupção no Brasil. São dois males a ser combatido” (sic).

Bolsonaro não é o único integrante do governo que se instala no Brasil a dizer que é preciso um governo sem ideologia. Seus assessores mais próximos repetem isso a todo tempo. Assim, sem ter a pretensão de esgotar o assunto, precisamos compreender e debater o é que é ideologia, e se é possível haver governos sem influência ideológica.

Primeiro é preciso compreender que a política, como campo de estudo, não pode ser descrita apenas como uma realidade voltada para a luta pelo poder. Há na atividade política outros princípios e valores que determinam e a guiam. Quando estes valores e princípios são compartilhados por indivíduos, grupos e voltados para ações práticas na sociedade, são chamados de ideologia política.

Há duas possibilidades de definição de ideologia política como conceito. A primeira é no sentido negativo da compreensão de ideologia. O filosofo alemão Karl Marx aponta que ideologia seria um conjunto de falsas representações que tem como objetivo primordial difundir os interesses da classe dominante.

Para Marx, as ideias da sociedade são as ideias da classe dominante. Isto quer dizer que, quando uma classe se torna dominante, ela também consegue difundir sua “visão de mundo” e os seus valores. A ideologia é, portanto um conjunto de falsas representações que servem para legitimar e consolidar o poder burguês.

A outra compreensão de ideologia é a ensinada pelo cientista político italiano Norberto Bobbio. Para ele, ideologia é um sistema de crença política. Um conjunto de ideias e valores respeitantes à ordem pública e tem como função orientar os comportamentos políticos coletivos. Bobbio apresenta o sentido positivo de ideologia.

Ainda conforme Bobbio, há no espectro político ideologias que se apresentam como ideologias de esquerda, e outras que se apresentam como ideologias de direita. Para operar esta divisão, o pensador italiano define que a direita não tem a igualdade como ideal, pois a desigualdade é natural e inalterável. A esquerda entende por igualdade como um ideal e que a maioria das desigualdades são de natureza social e elimináveis.

Assim, ao contrário do que o presidente eleito afirma, conforme as duas compreensões de ideologia, não há na política, nenhuma ação que seja ideologicamente neutra. Neste sentido, Bolsonaro faz uso apenas de uma afirmação retórica, para negar o viés ideológico do seu governo. E quando faz isso, faz a negação da política.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo