Nenhuma empresa apresenta proposta para assumir o Frohsinn, em Blumenau

Envelopes com propostas seriam abertos nesta segunda-feira pela prefeitura

Nenhuma empresa apresenta proposta para assumir o Frohsinn, em Blumenau

Envelopes com propostas seriam abertos nesta segunda-feira pela prefeitura

Redação

Nenhuma empresa teve interesse no aluguel e exploração do tradicional restaurante Frohsinn, de Blumenau. A abertura dos envelopes com as propostas seria na manhã desta segunda-feira, dia 26, pela prefeitura. O edital de licitação havia sido lançado em dezembro de 2017.

Agora, conforme a assessoria do parque Vila Germânica, o secretário de Turismo e presidente do parque, Ricardo Stodieck, aproveitará o Festival Brasileiro da Cerveja (7 a 10 de março) para apresentar o edital a cervejarias que poderiam ter interesse no local.

Conforme o edital de licitação, a empresa que oferecesse a maior oferta ganharia a concorrência. A prefeitura exigia que o restaurante voltasse a oferecer um cardápio com pratos típicos alemães. Não seria permitida a inauguração de churrascaria, pizzaria ou lanchonete no local.

O restaurante teria de funcionar ao menos seis vezes na semana para almoço e jantar. O valor mínimo do aluguel seria de R$ 12 mil, mas como a empresa precisaria arcar com a reforma do local, durante os cinco anos de exploração descontos nessa cobrança seriam permitidos para compensar os gastos com a obra.

O mirante do Morro do Aipim, no bairro Vorstadt, onde o restaurante está localizado, permaneceria aberto ao público gratuitamente. Como mais opções atrativas poderiam ser instaladas loja de conveniência, empório, espaço para eventos ou café.

O estabelecimento, tradicional na cidade, foi destruído por um incêndio em 2014, após ficar abandonado por vários anos.

Veja também

Galeria de fotos: como é Blumenau vista de cima

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio