Número de policiais militares destinado a Blumenau é ainda menor que o anunciado

Entidades de Blumenau não conseguem audiência com governador Raimundo Colombo para falar sobre o assunto

Número de policiais militares destinado a Blumenau é ainda menor que o anunciado

Entidades de Blumenau não conseguem audiência com governador Raimundo Colombo para falar sobre o assunto

Evandro de Assis

O governador Raimundo Colombo (PSD) não respondeu ao pedido de audiência protocolado por líderes empresariais e políticos de Blumenau para tratar de segurança pública. Entre as entidades que compõem o grupo interessado em pressionar Colombo por mais investimentos na cidade estão a Associação Empresarial (Acib), Câmara de Vereadores e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Para o presidente da Acib, Avelino Lombardi, o silêncio é indício de que a reunião não acontecerá em 2017 e que dificilmente será revertido o baixo número de policiais militares destinado a Blumenau. Em reunião no dia 6 de dezembro, o secretário de Segurança Pública, César Grubba, informou à comitiva blumenauense que viriam 40 PMs para a cidade. A expectativa era de, no mínimo, 80.

Porém, o reforço será ainda menor: segundo Lombardi, foram confirmados apenas 38 policiais para Blumenau de uma turma de 927 que acaba de se formar. O deputado Jean Kuhlmann (PSD) ficou de fazer uma nova tentativa de viabilizar a agenda com o governador nesta quarta-feira.

Nesta terça-feira, Colombo fez posts em redes sociais comemorando a formatura dos novos policiais catarinenses.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio