O que muda na coleta de lixo de Blumenau com a troca da empresa responsável

Cerca de dois mil contêineres serão distribuídos por bairros da cidade

O que muda na coleta de lixo de Blumenau com a troca da empresa responsável

Cerca de dois mil contêineres serão distribuídos por bairros da cidade

Bianca Bertoli

A partir deste sábado, 8, a Racli Limpeza Urbana assume a coleta de lixo em Blumenau. Com a homologação da empresa, algumas mudanças estão previstas na dinâmica do serviço. O recolhimento do material reciclável, por exemplo, que atualmente é feito por uma prestadora diferente da que coleta o lixo comum, passará a ser realizado pela mesma companhia. Veja as principais mudanças:

Contêineres: Atualmente, a limpeza dos 200 contêineres espalhados pela região central é feita por uma empresa diferente da que realiza a coleta. Já a gestão, disponibilização e manutenção deles são responsabilidades do Samae. A partir de sábado, tudo será feito pela Racli, que terá, também, de trocar todos os já existentes por novos. A empresa distribuirá cerca de dois mil contêineres por bairros da cidade.

Contêineres nos bairros: Com o tempo, os contêineres chegarão aos bairros. A empresa deve apresentar no próximo mês um plano com a lista de lugares que receberão a novidade. O Samae validará a proposta para a implementação acontecer. O presidente da autarquia, Cleverton João Batista, adianta:

“A ideia é começar a implantar nos corredores de serviço e colocar em lugares que os caminhões têm dificuldade para chegar”.

A mudança significará a desativação das cestas de lixo em frente às casas. Os moradores terão de levar os resíduos até os contêineres espalhados pela rua, o que significará menos paradas aos coletores – e menos corridas atrás dos caminhões por parte dos funcionários.

“Nós vamos avisar a comunidade, até porque ela vai ter que se acostumar com o novo sistema, já que o morador não vai mais poder deixar o lixo na frente da moradia”, lembra Batista.

Coleta seletiva: Atualmente, o lixo reciclado é recolhido em pouco mais de 50% da cidade. O contrato com a nova empresa prevê a implantação da coleta seletiva em todo o município.

O gerente operacional da Racli, Gustavo Lemos, acredita que, após a aprovação do plano, a ampliação deve ocorrer em até três meses. Quando a cobertura for completa, os dias da coleta de lixo deverão sofrer alterações.

Dias de coleta: Por enquanto, os dias da coleta seletiva e de lixo comum continuam os mesmos.

Mais notícias de Blumenau e região

Policiais de outros estados reforçarão fiscalização na BR-470 durante o feriado

Museus de Blumenau estão sem alvará do Corpo de Bombeiros

Confira os eventos programados para este fim de semana em Blumenau e região 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo