Operação da Polícia Civil prende seis suspeitos de tráfico de drogas em Indaial e Timbó

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta segunda-feira

Operação da Polícia Civil prende seis suspeitos de tráfico de drogas em Indaial e Timbó

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta segunda-feira

Redação

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou nesta segunda-feira, 17, a operação, “ALL IN”, com o objetivo de cumprir quatro mandados de busca e apreensão, contra suspeitos da prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa.

Os mandados foram cumpridos na cidade de Indaial nas ruas Assunção e Cairo e na cidade de Timbó no bairro Araponguinhas.

Os investigados são suspeitos de realizarem o tráfico de drogas nas cidades de Ascurra, Rodeio, Indaial e Timbó. As investigações iniciaram no mês de novembro de 2021 e na primeira fase da investigação, em dezembro de 2021, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Ascurra e Rodeio, sendo possível identificar que o grupo criminoso instalado na cidade de Indaial era o responsável por abastecer as duas cidades com substâncias ilícitas.

Além dos quatro mandados judiciais cumpridos nesta segunda-feira, 17, restaram presas seis pessoas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo. Durante as buscas foram apreendidas diversas quantidades de drogas, tais como maconha, cocaína e ecstasy em embalagens distintas e três armas de fogo, sendo duas espingardas e uma pistola, todas com suas respectivas munições.

Polícia Civil de SC

Os presos foram encaminhados ao sistema penitenciário catarinense e aguardarão a realização das respectivas audiências de custódias, permanecendo à disposição do Poder Judiciário.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo