Operadoras de TV por assinatura perdem mais de 5 mil clientes em um ano, em Blumenau

A queda é de 7,13% nos últimos 12 meses

Operadoras de TV por assinatura perdem mais de 5 mil clientes em um ano, em Blumenau

A queda é de 7,13% nos últimos 12 meses

Jotaan Silva

Os planos de TV por assinatura, famosas “TVs a cabo”, estão perdendo espaço em Blumenau. Segundo dados da Anatel, entre setembro de 2018 e setembro de 2019 – último mês com dados divulgados – a queda foi de 7,85% na compra do serviço na cidade. O município, que chegou a ter 75.289 planos ativos em outubro de 2018, caiu para 69.362 no ano seguinte.

Esse cenário de perda clientes é nacional e vem sendo registrado há pelo menos quatro anos. Em todo o Brasil, o serviço chegou a ter mais de 19,5 milhões em 2015, mas diminuiu para 16 milhões em 2019, uma queda de 17,8%. Para uma das maiores operadora do serviço no país, a Sky, além da crise econômica, a evolução da tecnologia também altera muito o mercado.

“A Sky entende que está inserida em um setor que é muito dinâmico e que se transforma com o avanço de novas tecnologias, o que exige estarmos bem preparados para responder rápido e atender às necessidades do mercado e dos clientes”, declararam em nota.

Celular x TV

Para o professor universitário e doutor em Comunicação e Linguagens, Béio Cardoso, o aumento da conectividade das pessoas à internet, principalmente pelo celular, é um dos pilares para essa “reviravolta” no setor.

“A “tela grande” disputa audiência com a tela menor que está na palma da mão do usuário, um formato menor porém mais flexível, que se conecta em diferentes redes de wi-fi e pode ser levado para qualquer lugar”, pontua.

Outro destaque citado são os serviços de streaming, como Netflix, Amazon Prime, Globo Play, Youtube Preminum, entre outros. “O custo de assinar um pacote de TV a cabo é bem expressivo, e com o passar do tempo os assinantes acabam consumindo poucos canais. Nesse sentido, é mais vantajoso assinar um serviço de streaming que contenha o conteúdo que mais agrade o cliente, por um preço bem abaixo”, afirma Cardoso.

O terceiro e último ponto destacado por ele é o início do sinal digital nas televisões, que “eliminou a palha de aço das antenas dos aparelhos” dando um sinal aberto mais limpo e de qualidade nos canais locais.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo