Passagem a R$ 6,27: Prefeitura de Blumenau se manifesta sobre sugestão da Agir

Documento foi publicado no site da Agir na manhã desta quinta-feira

Passagem a R$ 6,27: Prefeitura de Blumenau se manifesta sobre sugestão da Agir

Documento foi publicado no site da Agir na manhã desta quinta-feira

Redação

A Prefeitura de Blumenau se declarou surpresa pelo Parecer Administrativo da Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (Agir) referente ao aumento nas passagens de ônibus da cidade.

Publicado na manhã desta quinta-feira, 11, o documento sugere uma tarifa de R$ 6,27. A prefeitura afirma discordar do valor e entender que ele é “impraticável”. Especialmente durante a pandemia.

“Esta é a primeira RTO e que teve como fato excepcional eventos relacionados à pandemia, que resultaram numa queda significativa de passageiros no sistema, impactando no valor final da tarifa apontado pelo estudo”, explicou a nota.

A Revisão Tarifária Ordinária (RTO) busca trazer equilíbrio econômico e financeiro a cada três anos. A prefeitura e a BluMob têm até segunda-feira, 15, para se manifestarem. O município deve sugerir um valor mais baixo.

Confira a nota na íntegra

Prefeitura de Blumenau se manifesta sobre Parecer Administrativo da Agir, referente ao reajuste da tarifa do transporte coletivo

A Prefeitura de Blumenau foi surpreendida na manhã desta quinta-feira, dia 11, com a publicação do Parecer Administrativo da Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (Agir), referente à Revisão Tarifária Ordinária (RTO), em que faz recomendações e sugere um novo valor da tarifa do transporte coletivo de Blumenau.

A RTO está prevista em contrato e abrange levantamento de eventuais desequilíbrios econômicos e financeiros ocorridos a cada três anos da execução do contrato. Esta é a primeira RTO e que teve como fato excepcional eventos relacionados à pandemia, que resultaram numa queda significativa de passageiros no sistema, impactando no valor final da tarifa apontado pelo estudo.

O Município foi notificado deste parecer e está dentro do prazo para realizar sua análise e manifestação quanto à concordância ou não com a tarifa sugerida e todos os demais elementos, incluindo as recomendações feitas pela agência no sentido do equilíbrio econômico financeiro do contrato.

Independente de não ter concluído sua análise, a Prefeitura de Blumenau tranquiliza a população no sentido de que não concorda com o valor sugerido no estudo da Agir. O Município entende que o preço é impraticável e não condiz com a realidade econômica atual, principalmente diante da pandemia da Covid-19, que trouxe como consequências desemprego e perda de renda por parte da população. A Prefeitura pretende, na sua manifestação, sugerir um valor praticável diante do cenário atual.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo