Pastelada arrecada mais de R$ 14 mil para menino que teve o corpo queimado pelo pai

Segundo a direção da escola, o dinheiro servirá para custear as viagens que a família faz diariamente para cuidar do garoto em Florianópolis

Pastelada arrecada mais de R$ 14 mil para menino que teve o corpo queimado pelo pai

Segundo a direção da escola, o dinheiro servirá para custear as viagens que a família faz diariamente para cuidar do garoto em Florianópolis

Bianca Bertoli

A pastelada na Escola Visconde de Taunay, no bairro Itoupava Central, para ajudar o menino Sandriel surpreendeu a direção da instituição pelo sucesso alcançado. Foram mais de oito mil pastéis vendidos, gerando lucro de R$ 14 mil que serão doados à família do garoto.

O Rotary Club de Blumenau promoveu o evento beneficente na tarde e noite desta quarta-feira, 22, para ajudar no tratamento da criança que teve 65% o corpo queimado pelo próprio pai.

Apesar de Sandriel estar internado no Hospital Infantil Joana de Gusmão, custeado pelo SUS, a irmã Karla Suelen Costa e o cunhado, que estão com a guarda dele, precisam de auxílio para pagar as viagens que fazem diariamente a Florianópolis, além da alimentação. O menino saiu da UTI nesta segunda-feira, 20, e está no quarto, por isso precisa de um acompanhante em tempo integral.

“Eu sei não vou conseguir agradecer todo mundo, nem àquele que comprou um, nem àquele que comprou bastante e nem às pessoas que organizaram e divulgaram, mas eu sou muito grata pelo o que eles fizeram pelo Sandriel”, agradeceu Karla.

Comovida, a irmã lembrou que nesta quinta-feira, 23, completa um mês da morte da mãe e que a notícia da grande mobilização gerada trouxe um pouco de felicidade a ela. Karla está desempregada para cuidar de Sandriel. Quando ganhar alta, o tratamento continua com a necessidade de medicamentos que deverão ser comprados. Assim, a onda de solidariedade que resultou em orações e mais de oito mil pastéis vendidos, não pode acabar.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio