Polícia Civil investiga suposto caso de zoofilia em Florianópolis

Delegado Egídio Ferrari integra projeto de combate a maus tratos contra animais

Polícia Civil investiga suposto caso de zoofilia em Florianópolis

Delegado Egídio Ferrari integra projeto de combate a maus tratos contra animais

Victor Palmeira

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga um suposto caso de zoofilia na cidade de Florianópolis. A informação foi confirmada pelo delegado Egídio Ferrari, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Blumenau.

O caso acabou chegando a Blumenau por conta de um contato de um delegado de São Paulo, Bruno Lima. Ele é reconhecido em todo o país por seu trabalho em defesa dos animais. O delegado Bruno acionou Egídio Ferrari após investigações na cidade de Itapevi, na Grande São Paulo.

Na investigação, um homem foi preso acusado do crime de zoofilia, que é a prática de atos sexuais com animais. Nos desdobramentos da investigação, a polícia teria descoberto um suspeito, morador de Florianópolis.

“Vamos apurar primeiro e, dependendo do local dos fatos, vamos dar encaminhamento na documentação. As informações que a gente tem é de que um homem teria proposto para que uma garota de programa praticasse sexo com o cachorro dele”, disse o delegado Egídio.

Esse suspeito flagrado nas conversas teria oferecido R$ 3 mil reais à garota de programa. Veja o vídeo publicado pelo delegado Bruno Lima.

Blumenau em projeto nacional de combate à violência contra os animais

O delegado Egídio Ferrari tem ampliado a atuação da Polícia Civil na causa da defesa dos animais. Por esse motivo, ele foi escolhido para representar o projeto “Cadeia para Maus Tratos” em Santa Catarina.

“O delegado Bruno Lima me pediu para que eu fosse o representante no estado do projeto que ele tem. Ele está expandindo isso para o Brasil inteiro. Tem delegado em Goiás, Alagoas, Maranhão, e eu fui escolhido aqui no estado”, explica Egídio.

O projeto denuncia a violência contra os animais em todo o país e cobra punições mais duras a quem comete esse tipo de crime.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo