Polícia Civil recupera objetos furtados de igreja em Gaspar avaliados em R$ 20 mil

Um jovem de 20 anos foi preso por receptação de produto furtado

Polícia Civil recupera objetos furtados de igreja em Gaspar avaliados em R$ 20 mil

Um jovem de 20 anos foi preso por receptação de produto furtado

Redação

O setor de investigações e capturas da Polícia Civil de Gaspar localizou nesta segunda-feira, 18, os objetos furtados no domingo, 17, na igreja localizada no bairro Figueira, também em Gaspar. Além dos produtos furtados – avaliados em R$ 20 -, um jovem de 20 anos foi preso em flagrante por receptação.

De acordo com informações divulgadas pelo delegado Bruno Fernando, após colher informações de que produtos estavam sendo vendidos a valores irrisórios, os policiais foram até a residência de um suspeito e lá o localizaram sentado na varanda. Ao ver os agentes, ele fez menção de tentar fugir, porém, foi logo contido.

Primeiramente ele negou qualquer envolvimento com o furto e os produtos, porém, após rápida avaliação no imóvel, os policiais encontraram, ainda na parte externa, uma maleta com microfones e cabos de som jogados pelo terreno.

No quarto do suspeito foi encontrado um projetor de luzes, além de substância semelhante a maconha e treze comprimidos brancos. Outros projetores de luzes, módulo de teclado e um microfone também foram encontrados em meio a materiais de jardinagem. Com o homem, a polícia também apreendeu R$ 579. O rapaz foi preso em flagrante.

Divulgação / Polícia Civil

Além das diligências em Gaspar, os policiais ainda se deslocaram até Blumenau ontem encontraram um teclado, que estava na casa de um homem. Como não estava na residência, os familiares informaram que ele havia comprado o objeto naquele dia, por R$ 500.

Polícia Civil

Em Indaial a polícia também encontrou e apreendeu uma caixa de som, que também havia sido furtada em Gaspar. O responsável pela igreja foi até a polícia e reconheceu todos os produtos que havia sido furtados.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo