Polícia confirma feminicídio e negociação com assassino passa de 12 horas, em Balneário Camboriú

Vizinhos denunciaram homem após vê-lo levando sacos de gelo ao apartamento nesta quinta-feira

Polícia confirma feminicídio e negociação com assassino passa de 12 horas, em Balneário Camboriú

Vizinhos denunciaram homem após vê-lo levando sacos de gelo ao apartamento nesta quinta-feira

Redação

Já duram mais de 12 horas as negociações entre a polícia e o homem que matou a companheira e manteve o corpo no apartamento do casal desde a quinta-feira, 28, Balneário Camboriú.

A Polícia Militar confirma que, pela janela, já foi possível visualizar o corpo da mulher dentro do apartamento. As informações são da NSC TV.

Os policiais tentam fazer com que ele se entregue. No entanto, ele segue na sacada do sétimo andar ameaçando se jogar e, portanto, se nega a abrir a porta. O homem varia entre momentos que aparenta estar consciente e outros com surtos psicóticos.

Ele chegou a afirmar que conhece as técnicas dos policiais e sabe como querem chegar até ele.

Tudo começou após as 18h desta terça-feira, 2, quando vizinhos acionaram a polícia. Eles alegaram que ouviram o casal brigando ainda na quinta-feira, e desde então ela não foi mais vista. As suspeitas aumentaram que ele foi visto levando sacos de gelo para o apartamento durante a terça-feira.

A mulher não atende ligações e nem visualiza mensagens de WhatsApp desde o dia da discussão.

A polícia afirma que é improvável a presença de criança no apartamento ou mesmo outras vítimas, como circula nas redes sociais.

Toda a área no entorno da rua 3150, no Centro da cidade, segue isolada para a segurança dos moradores. A polícias Militar e Civil estão com várias equipes no local, além do Corpo de Bombeiros, Samu e o Bope de Florianópolis.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo