Polícia de Blumenau prende homem que matou a ex-namorada com um tiro

Éverton Balbinott de Souza, 31 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça

Polícia de Blumenau prende homem que matou a ex-namorada com um tiro

Éverton Balbinott de Souza, 31 anos, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça

Redação

Éverton Balbinott de Souza 31, anos, foi preso na manhã desta sexta-feira pela Polícia Civil de Blumenau. Ele teve a prisão preventiva decretada pelo assassinato da ex-namorada, Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos.

Éverton foi encontrado em uma residência e está sendo levado para a Central de Polícia, no Garcia, e depois deve ser encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. O pedido de prisão foi apresentado ainda na quinta-feira, mas não havia sido avaliado pelo juiz no momento em que Éverton Balbinott de Souza, 31 anos, apresentou-se à polícia.

Ainda que tenha sido visto pela mãe da vítima no momento do assassinato e tenha dito ao pai que cometeu o feminicídio, não houve flagrante –  que só acontece quando a pessoa é encontrada com a arma do crime, assim que o tenha cometido, e quando a perseguição pelo suspeito é ininterrupta.

O advogado criminalista Rodrigo Novelli explica que a prisão preventiva pode ser decretada:

“Os requisitos para autorizar a prisão preventiva estão no artigo 312 do Código de Processo Penal. São quatro situações: garantia da ordem pública, ou seja, em liberdade ele vai continuar praticando o crime; conveniência da instrução criminal (em liberdade ele vai ameaçar testemunhas, sumir com provas…); aplicação da lei penal (em liberdade ele vai fugir) ou garantia da ordem econômica, que nesse caso não se aplica”, detalha.

Se condenado por feminicídio, Éverton pode cumprir pena de 12 a 30 anos de reclusão.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo