Postos começam a vender combustíveis em Blumenau

Abastecimento na cidade será retomado gradativamente

Postos começam a vender combustíveis em Blumenau

Abastecimento na cidade será retomado gradativamente

Julia Schaefer

19h07
A Polícia Militar divulgou uma lista de postos que receberão combustível na noite desta quarta-feira, 30. Os caminhões-tanque escoltados desde Itajaí se reuniram no Complexo Esportivo do Sesi e de lá partirão para os estabelecimentos.

17h30 

Cerca de cinco caminhões-tanque estão parados em frente ao Centro Esportivo Bernardo Werner (Sesi), na rua Itajaí, em Blumenau. Eles estariam aguardando para se deslocar aos postos de combustíveis da cidade.

17h

Em Gaspar, o Auto Posto Julinho foi obrigado a parar de abastecer entre 15h30 e 17h por causa de manifestantes. A Polícia Militar está no local. Em entrevista à Rádio Nereu, o proprietário do local e presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo (Sinpeb), Júlio César Zimmermann, se mostrou indignado.

“Não sei dizer o que eles querem. Respeito a democracia, mas não interrompa. Respeite o direito de cada um. Mas a gente foi hostlizado, nossos funcionários, até agora. É uma situação desagradável, depois de muita luta para conseguir combustível para a população. Fico horrorizado, a vontade é de sumir”, conta.

16h18 – Atualização

A Polícia Militar divulgou uma nota em que detalha a operação para transportar combustível até Blumenau e região. Segundo o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, Jefferson Schmidt, os postos devem receber caminhões-tanque mais ou menos ao mesmo tempo. A previsão é que o atendimento aos consumidores comece ainda na noite desta quarta-feira.

15h40
Segundo o posto da Polícia Militar Rodoviária de Gaspar, três camihões com combustível já passaram em direção a Blumenau e devem chegar a postos na próxima hora. O destino específico de cada veículo ainda é incerto. A Polícia Militar prometeu divulgar uma nota.

14h32
Dois postos de Blumenau começaram a vender combustíveis a partir do final da manhã desta quarta-feira, dia 30, em Blumenau. O posto Mime, na BR-470, bairro Badenfurt, e o R1, que fica na rua Bahia, no Salto Weissbach. Ambos já tinham os combustíveis de carregamentos anteriores, mas não atendiam por causa da greve.

Com a decisão da Justiça Federal que garante a chegada de caminhões-tanque aos estabelecimentos, os dois postos decidiram voltar a vender. Até as 13h30 o posto R1 possuía 5 mil litros de gasolina aditivada. O proprietário está em Itajaí intermediando a escolta para chegar mais um caminhão de 30 mil litros. O preço da gasolina comum será R$ 3,92.

O posto Mime, da BR-470, está vendendo apenas gasolina aditivada a R$ 4,19 o litro. Eles ainda não receberam gasolina comum, mas a partir do momento em que ela chegar será vendida a R$ 3,99.

Com a liberação da circulação de caminhões nas rodovias da região, os blumenauenses estão se deslocando para diversos postos da cidade. Filas enormes estão se formando em frente aos estabelecimentos.

Um acordo entre a Polícia Militar de Blumenau e Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo (Sinpeb) foi fechado na noite desta terça-feira, dia 29, para garantir a escolta de combustíveis até a cidade.

Segundo o presidente do sindicato, Júlio César Zimmermann, não há uma ordem de postos que receberão abastecimento primeiro, pois isso dependerá da logística de cada bandeira. No centro de distribuição de combustíveis da Petrobras, em Itajaí, o carregamento dos caminhões ocorre normalmente. Ainda nesta tarde devem chegar os primeiros comboios.

Carros poderão abastecer no máximo R$ 100

O 10º Batalhão Policial Militar de Blumenau determinou que cada carro poderá abastecer no máximo R$ 100 em primeiro momento. Além disso, afirma que os postos serão responsáveis em organizar as filas, devendo haver uma de carros e outra de motos, sendo proibida a venda em galões.

O documento também deixa claro que os postos não têm permissão para cobrar preços abusivos pelos combustíveis, se atendo ao valor de mercado, podendo os proprietários serem responsabilizados administrativa, cível e criminalmente.

Lista

Desde que a Justiça Federal concedeu medida cautelar a seis postos de combustíveis de Blumenau obrigando as forças de segurança a escoltar comboios de combustível, uma lista com os estabelecimentos circula pelas redes sociais. As mensagens indicam os postos como aqueles que receberão combustível.

Na verdade, a medida cautelar acabou beneficiando todos os estabelecimentos. Segundo o Sinpeb, o carregamento deve atender toda a categoria.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio