Postos de Blumenau vendem a gasolina mais barata de Santa Catarina

Preço de R$ 3,29 registrado pela Agência Nacional do Petróleo é o mais baixo do estado

Postos de Blumenau vendem a gasolina mais barata de Santa Catarina

Preço de R$ 3,29 registrado pela Agência Nacional do Petróleo é o mais baixo do estado

Bianca Bertoli

Blumenau vende a gasolina mais barata de Santa Catarina nesta semana, com o preço mínimo de R$ 3,29. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a cidade está também no ranking de menor preço médio de distribuição de gasolina do estado.

A ANP pesquisou valores em 20 postos entre os dias 15 e 21 de outubro. Apenas um cobrava R$ 3,29 pelo litro do combustível naquele período. De lá para cá, mais revendedores baixaram o preço para competir com os concorrentes.

Entre os 20 municípios catarinenses analisados quinzenalmente, Blumenau variou entre o terceiro e primeiro lugar no último trimestre. A ANP usa como amostra 432 municípios e as 27 capitais brasileiras para monitorar os preços praticados pelas distribuidoras e postos de combustíveis. Entre janeiro e setembro deste ano, Santa Catarina foi o estado do Sul do Brasil que apresentou o menor preço médio de distribuição de gasolina.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Blumenau (Sinpeb), Júlio Zimmermann, Blumenau tem cerca de 70 postos de combustíveis, metade associada ao Sinpeb. Segundo o dirigente, a concorrência e a constante variação de preço das distribuidoras têm prejudicado os estabelecimentos. Nos últimos meses, cinco teriam fechado as portas na cidade.

Desde julho a Petrobras acompanha o preço do dólar e faz reajustes diários nos preços da gasolina e do diesel comercializados em suas refinarias em todo o país. De acordo com Zimmermann, o sindicato está preocupado:

“No mês de setembro a Petrobras aumentou em quase 10% o combustível. Aquele aumento do PIS/Cofins que o governo fez representou mais de 20%. A grande preocupação do sindicato é com a quebra dos revendedores, porque eles não vão aguentar. Tem postos fazendo preços abaixo do custo”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio