Preocupada com ômicron, Dive-SC orienta uso de máscara em todos os ambientes

Vigilância Epidemiológica também fez orientação sobre os melhores tipos de máscara

Preocupada com ômicron, Dive-SC orienta uso de máscara em todos os ambientes

Vigilância Epidemiológica também fez orientação sobre os melhores tipos de máscara

Redação

A transmissão da variante ômicron da Covid-19 acendeu um alerta na Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC). Um documento publicado nesta sexta-feira, 22, volta a recomendar o uso de máscara em todos os ambientes.

Na recomendação, a Dive justifica a recomendação do uso universal de máscaras por contado aumento de casos de gripe e da transmissão comunitária da variante ômicron, que causou um aumento de 251% na detecção de casos novos de Covid-19 nas últimas duas semanas.

Neste domingo, 23, o estado alcançou um total de 67.925 casos ativos da doença. A projeção da Dive é que nos próximos sete dias a detecção de casos continue aumentado, na ordem de 80 mil casos novos.

Outra justificativa é pelo aumento no aumento de pacientes com sintomas gripais nos serviços de saúde, causando também uma alta demanda e superlotação de unidades.

A temporada de verão e férias, que promovem interações sociais, também preocupam o órgão, e é outro motivo para a recomendação do uso de máscaras em todos os ambientes, tanto internos quanto externos.

Saiba mais:
– Blumenau confirma duas mortes e mais de 900 casos
– Blumenau e região registram melhora em matriz de risco estadual
– BluMob altera horários devido ao aumento de casos entre os funcionários

Orientações

“O uso universal de máscaras é definido como a exigência de que todas as pessoas usem
máscara em todos os momentos, exceto durante a alimentação, que deve ser realizado em
ambiente ventilado e respeitando um distanciamento mínimo de 1,0 m entre outras
pessoas”, explica a Dive-SC.

O órgão ainda pontua que “existem inúmeras evidências sobre a efetividade do uso universal de máscaras, que em conjunto com as demais medidas de prevenção e proteção como higiene das mãos, distanciamento físico, manutenção de ambientes ventilados, evitar aglomerações, além da vacinação, são de fundamental importância para reduzir a transmissão da doença”.

Qual máscara usar

A Dive-SC recomenda o uso de máscaras de melhor qualidade, com duas ou mais camadas de tecido lavável e respirável, dando preferência a seguinte ordem: respiradores do tipo N95 ou PFF2;Máscaras do tipo cirúrgicas; Máscaras de tecido não tecido (TNT) preferencialmente em camada tripla; ou máscaras de tecido de algodão (preferencialmente 100% algodão), com mais de uma camada de tecido.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo