Queda na inadimplência traz otimismo ao comércio de Blumenau para o Dia das Mães

No sábado, lojas funcionarão até as 17h e rua XV ficará fechada para veículos

Queda na inadimplência traz otimismo ao comércio de Blumenau para o Dia das Mães

No sábado, lojas funcionarão até as 17h e rua XV ficará fechada para veículos

Redação

Depois do Natal, o Dia das Mães é a data mais importantes para o faturamento do comércio. Para este ano, a expectativa é melhor que 2017: os filhos devem gastar mais com o presente.

O mimo do Dia das Mães em Blumenau será o segundo mais caro entre as principais cidades de Santa Catarina, atrás apenas de Itajaí. É o que indica o levantamento da Fecomércio sobre a intenção de compras do consumidor catarinense para o dia 13.

Os números mais positivos na geração de emprego e no endividamento também trazem otimismo aos comerciantes. A pesquisa da Fecomércio de endividamento e inadimplência do consumidor do mês de abril apontou que 10,8% das famílias em Blumenau estão com contas atrasadas. Na mesma época, no ano passado, o índice era de 19,4%.

“Só o fato da inadimplência ter diminuído já é um bom sinal. O pessoal botou a dívida em dia e o Dia das Mães é uma coisa que mexe com todas as famílias”, avalia o presidente do Sindilojas, Emílio Schramm.

Super sábado

O Super Sábado, no dia 12, véspera do Dia das Mães, será feito para aqueles que deixarem o presente para a última hora. Segundo o Sindilojas, as lojas da região central estarão abertas das 9h às 17h, com promoções e atrações para o público infantil.

A rua XV de Novembro estará fechada durante todo o dia, tal como acontece na Rota do Lazer. As atrações serão de responsabilidade individual dos lojistas, que prometem caprichar para atrair clientes, com opções das mais diversas de alimentação, música e lazer.

Gastar mais e à vista

A pesquisa de intenção de compras também indica que os blumenauenses vão gastar mais na data,  cerca de R$ 172,02, valor pouco maior do que o levantado no ano passado, de R$ 167,7. Em Santa Catarina, o gasto médio com o presente ficará em R$ 165.

Quanto à forma de pagamento, 71,3% dos consumidores de Blumenau informaram que pretendem pagar à vista. Outros 5,2% vão quitar o presente no crédito, e 16,3% vão parcelar as compras para a data.

Como é tradicional na data, maior parte dos entrevistados pretende comprar produtos de vestuário (39,7%), seguido por perfumes e cosméticos (19,2%) e calçados ou bolsas (13%).

Na pesquisa, os 2.122 participantes responderam a perguntas sobre a situação financeira nos quatro primeiros meses do ano. 37,1% disseram aos entrevistadores que estão em condições melhores do que no ano passado, enquanto 23,1% declararam estar em condição pior. Outros 39,7% alegaram não terem mudado de situação.

Endividados 

O cartão de crédito continua sendo o principal agente do endividamento em Blumenau, liderando o ranking com 49%. O cheque especial está em segundo lugar no tipo de dívida, representando 15,4%. Em abril do ano passado, os números eram menores, 44,7% e 13,8%, respectivamente.

Mais de 50% tem dívidas que duram mais de um ano. Das famílias blumenauenses com contas atrasadas (10,8%), 53,7% acredita que não conseguirá quitar as pendências.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo