Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Moisés tenta levar aliados a seu novo partido; só falta decidir qual será

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Moisés tenta levar aliados a seu novo partido; só falta decidir qual será

Raul Sartori

Vem comigo
Agora desfiliado do PSL, o governador Carlos Moisés sonha com um futuro partido. Sem saber exatamente qual seria, em toda oportunidade que aparece faz convites a pessoas que conhece para estar junto com ele no futuro por “afinidade de convicções”. Foi o que fez com o empresário Gilmar Goulart Faria, de Imbituba, e sua esposa e presidente do PSL no município, Adriana Lumma.

Decisão correta
Seria uma loucura insistir e os organizadores da Oktobefest de Blumenau tiveram o bom senso de também cancelar o evento deste ano, a exemplo de 2020. A cidade contabiliza 54.275 casos de covid-19 e quase 600 mortes. E ainda tem 80% dos leitos de UTI ocupados para o atendimento de casos da doença.

Ignorantes!
Agressiva, desnecessária e ofensiva nota publicada pelo colunista Ascanio Seleme, sábado, em “O Globo”: “Nem toda a turma do interior que apoia Bolsonaro sabe distinguir com clareza um político de esquerda de um de direita. Como são conservadores nos costumes, acabam elegendo políticos de direita, conservadores como eles. Muitos não sabem quanto dura um mandato, como funciona o princípio da reeleição, para que servem o Congresso e o Supremo, ou o que significa um golpe militar. Não se trata de burrice, mas de alienação e desinformação. Os eleitores de Rancho Queimado, citado por Luis Carlos Heinze como a meca da cloroquina, querem que seus negócios prosperem, querem manter seus empregos, querem criar seus filhos adequadamente. O que eles mais precisam, mas não sabem, é de educação política. Se entendessem a gravidade desses dias, o presidente não teria mais do que 5% de apoio. Ficaria apenas com os trogloditas como ele”. O problema dos trocentos colunistas da grande mídia impressa nacional é que eles viraram ativistas políticos e não admitem que alguém pense ou aja diferente deles. Um exemplo é esse.

Terceira dose
Êta país ordinário esse Brasil. Enquanto 45% da população tem apenas a primeira dose contra a covid, Ministérios Públicos de sete Estados – entre eles SC – acompanham casos de pessoas que burlaram o processo de vacinação e tomaram uma terceira aplicação. Aqui o caso em investigação aconteceu em Balneário Camboriú. A terceira aplicação em uma mulher foi recusada. Só por tentar deveria ser presa e processada.

Liminar negada
No exercício da presidência do Superior Tribunal de Justiça, o ministro manesinho da Ilha de SC Jorge Mussi, indeferiu liminar em habeas corpus que pedia a libertação de um homem preso preventivamente dois dias após o assalto cometido contra uma agência do Banco do Brasil em Criciúma, dia 1º de dezembro de 2020. A defesa alegava excesso de prazo na prisão preventiva, que não foi objeto de análise por parte do TJ-SC, motivo que impede, especialmente em liminar, a apreciação do tema.

Castração móvel
Está aí um bom exemplo para as trocentas cidades que tem o mesmo problema e não sabem como resolvê-lo: foram depositados sexta-feira, na conta da Prefeitura de Joinville, R$ 323 mil para a compra de castramóveis da cidade. O recurso foi indicado pelo deputado federal Rodrigo Coelho, via emenda parlamentar no Orçamento de 2020. Com o valor, será possível adquirir dois castramóveis.

Desgraças
Já são tantas as desgraças (em todos os sentidos, inclusive políticos) que estamos passando, que o anúncio de uma extraordinária massa de frio de origem polar deve ingressar no Brasil nesta semana e pode provocar grave quebra de safra nas culturas de milho, cana, trigo e café. Como sempre, e com fé e paciência, vamos superar tudo.

Fake news
Alguns dos grandes jornais foram conferir o conteúdo de artigo em site cujo título estampou que “Bolsonaro aparece com mais que o dobro que Lula” em nova pesquisa eleitoral. A chamada omite que o levantamento, do Paraná Pesquisas, foi realizado apenas em SC, que corresponde a 3,5% do eleitorado nacional. A informação que a pesquisa é estadual aparece apenas no corpo do texto.

Defensoria
A Associação das Defensoras e Defensores Públicos de SC (Adepesc) está em campanha para a valorização da carreira no Estado. Seu presidente, Cassio Kury Lopes e diretoria, têm visitado a Assembleia Legislativa para demonstrar aos deputados a importância de se ampliar o atendimento em todas as comarcas. Das 111, a DPE-SC atende em apenas 27. Se se considerar exclusivamente a população economicamente vulnerável, com renda de até três salários mínimos, 3,2 milhões de catarinenses têm potencial acesso à Defensoria Pública.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo