Saiba como Blumenau se prepara para a Semana do Brasil, “Black Friday” de dez dias

Entidades se organizam para preparar lojistas para o período de descontos em produtos durante os dias 6 e 15 de setembro

Saiba como Blumenau se prepara para a Semana do Brasil, “Black Friday” de dez dias

Entidades se organizam para preparar lojistas para o período de descontos em produtos durante os dias 6 e 15 de setembro

Cristóvão Vieira

Na última semana, o governo federal confirmou a criação da Semana do Brasil para tentar movimentar o comércio e aquecer o turismo. A ação será semelhante à Black Friday, que ocorre em novembro, com lojas oferecendo descontos acima do comum. A diferença é a duração: a Semana do Brasil será entre os dias 6 e 15 de setembro, um total de 10 dias.

Em Blumenau, as entidades que representam lojistas e comerciantes também se preparam para o período. Ainda não há muitas informações sobre comércios que irão aderir, uma vez que a Câmara Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) só se organizará nesta quarta-feira, 14, para decidir diretrizes das ações. Contudo, algumas empresas já manifestaram que irão dar os descontos na Semana do Brasil, como a Havan.

A certeza é de que tanto a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) quanto o Sindicato do Comércio Varejista de Blumenau (Sindilojas) incentivarão e darão suporte para os dez dias de ação.

A ação foi criada pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, com campanha publicitária executada pela agência NBS.

Sindilojas apoia e dará suporte

O Sindilojas apoia a iniciativa, e inclusive dará suporte aos lojistas durante os dias da Semana do Brasil. Conforme explica o presidente do sindicato, Emílio Schramm, serão produzidos materiais para que as empresas possam divulgar a adesão ao projeto.

Segundo ele, é importante que os comerciantes blumenauenses participem. “É uma oportunidade única. O governo federal está incentivando, as pessoas vão sair de casa com dinheiro, prontos para realizar as compras”, afirma.

Além de apoiar, a entidade dará suporte de marketing para as empresas. Serão confeccionados 2 mil faixas de vitrine e 1 mil cartazetes. “Os associados terão este material de forma gratuita. Já para as lojas não associadas, nós venderemos. Esse número poderá aumentar, deixamos a gráfica de sobreaviso para caso seja necessário produzir ainda mais material”.

CDL deverá promover campanha

Neste sábado, 17, o presidente da CDL de Blumenau, Helio Roncaglio, se reunirá em Lages com representantes de todas as CDLs distritais do estado. Na pauta estará também a Semana do Brasil. “É um projeto que vem da Brasília para os estados, e consequentemente para os municípios. Acho que é um movimento bom, que pode e deve ser criado”.

Para Roncaglio, é momento de os lojistas aproveitarem a iniciativa. “Devemos procurar desenvolver uma campanha junto a isso, fomentar a gastronomia, o turismo de compras, para que a gente movimente o comércio”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo