Na tarde desta quarta-feira, 3, a deputada federal Geovânia de Sá (PSDB) anunciou que o governador Carlos Moisés (PSL) cumprirá a promessa de investir R$ 200 milhões dos cofres do governo do Estado em dois lotes da BR-470, no trecho entre Navegantes e Blumenau, no Vale do Itajaí.

O anúncio ocorreu no fim da reunião do Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília, com o ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas onde também foi assinada a ordem de serviço das obras de adequação da BR-163, no Oeste de Santa Catarina. As obras na 163 já devem começar no próximo dia 22 deste mês e o Governo do Estado colocará ali R$ 50 milhões de verba estadual.

Segundo o governador Moisés “tanto a obra no Oeste de Santa Catarina, que é pujante no seu agronegócio, quanto também a 470, que é um corredor logístico de fundamental importância, trará recursos tanto para o Governo Federal quanto para o Governo do Estado”.

Essas duas rodovias federais serão feitas através de um convênio entre o estado e a união, onde Santa Catarina colocará um total de R$ 250 milhões de recursos próprios e o restante virá das emendas parlamentares, já com a liberação garantida pelo ministro, dos três senadores e dos 16 deputados federais catarinenses.

Segundo o ministro, os serviços começam pela Travessia Urbana de São José do Cedro, entre o km 100 e o km 106, local em que as desapropriações já foram efetivadas. O passo seguinte será a recuperação do pavimento da rodovia. “Agradeço a iniciativa do governador de Santa Catarina. É uma atitude salvadora”, disse Tarcísio Gomes de Freitas.

Para ocorrer essa transferência de recursos do governo de Santa Catarina, a Assembleia Legislativa precisa aprovar um projeto autorizando o repasse dos cofres estaduais à União. O ministro adiantou que “é preciso acelerar os instrumentos jurídicos com o DNIT para a obra iniciar assim que houver a liberação pelo Legislativo estadual”.

Tarcísio informou que há possibilidade de conseguir mais recursos para obras de infraestrutura em Santa Catarina. Ao governador e aos parlamentares, o ministro afirmou ter todo o interesse em colocar as prioridades do seu ministério aos integrantes da Comissão Mista do Orçamento (CMO) do Congresso Nacional.

Na oportunidade a bancada de Santa Catarina ainda aproveitou para pedir a atenção do ministro para as  BRs 280 (que começa em São Francisco do Sul e termina na cidade de Dionísio Cerqueira, na fronteira com a Argentina), 250 (Serra da Rocinha) e BR 282/158, no Oeste e extremo Oeste do estado, onde o Governo do Estado já vem investindo recursos próprios.

Os R$ 250 milhões colocados pelo estado de Santa Catarina nas rodovias federais não serão devolvidos pelo Governo Federal, pois o governador entende que apoio dado pelo estado será muito importante para agilizar essas obras que já estão com seus cronogramas atrasados.

Carlos Moisés enfatizou que esses recursos não serão tirados de obras das rodovias estaduais, pois como o estado fez seu dever de casa e conseguiu colocar o caixa do Governo em ordem, Santa Catarina tem recursos tanto para apoiar as obras nas BRs que passam pelo território catarinense como também para tocar as  obras nas rodovias estaduais.

O lado político

Com essas parcerias com o Governo Federal, com o apoio de toda a bancada catarinense do Congresso, Carlos Moisés ganha não só administrativamente, mas principalmente em âmbito político, pois começa a costurar uma aproximação com o presidente Jair Bolsonaro.

Desde que conseguiu virar o jogo a seu favor em Santa Catarina, lá no final de 2020, Moisés parece ter aprendido que o jeito certo de conseguir se fortalecer é trazendo os parlamentares para o seu lado, tanto os da Assembleia quanto os da Câmara e do Senado.

Com isso, o governador ganha lastro e muito provavelmente já deve ter esquecido aquela fala que não queria mais concorrer à reeleição em 2022. Pelo que se vê Moisés virá firme e forte e muitos que planejavam concorrer ao governo do estado, podem ter que apoiar o atual governador, podendo ficar, talvez, com a vaga de vice na chapa, já que Moisés parece não querer mais Daniela Reinehr (sem partido) como sua companheira de palanque.

Veja abaixo o vídeo da deputada federal Geovânia de Sá (PSDB) na reunião do Fórum Parlamentar Catarinense.

 


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

3 COMENTÁRIOS

  1. Maisvai ser duplicado até pelo menos até Rio do Sul ou nâo? Porque está complicado trafegar nesse trecho muita lentidâo.

Deixe uma resposta para Jailson laureth Cancelar resposta