Seterb vai reformar estações de pré-embarque e banheiros dos seis terminais de ônibus

Apesar da manutenção, estruturas no Centro de Blumenau continuarão funcionando como paradas simples

Seterb vai reformar estações de pré-embarque e banheiros dos seis terminais de ônibus

Apesar da manutenção, estruturas no Centro de Blumenau continuarão funcionando como paradas simples

Evandro de Assis

O Seterb lançou edital para contratar uma empresa que será responsável por reformar as estações de pré-embarque no Centro de Blumenau. As quatro estruturas, duas na rua 7 de Setembro e duas na Avenida Beira-Rio, passarão por manutenção preventiva, mas não voltarão a funcionar para pré-embarque. Os banheiros dos seis terminais de ônibus também receberão melhorias.

Segundo o presidente do Seterb, Marcelo Althoff, as estações de pré-embarque receberão melhorias na iluminação, limpeza e reforço nas bases metálicas, que estão deterioradas. A ideia é que continuem funcionando como paradas de ônibus simples.

As quatro estações do Centro foram construídas pelo Consórcio Siga como parte do contrato de concessão. Nelas, o usuário pagava a passagem antes de subir nos coletivos, agilizando o embarque. Eram ambientes fechados com vidro e climatizados.

Desde que a prefeitura decretou a caducidade daquele contrato, as estruturas foram desativadas e funcionam como pontos de ônibus normais. Vandalismo e falta de manutenção deixaram as estruturas com aspecto de abandono.

“Vamos fazer uma manutenção para dar um pouco de sobrevida às estações que existem, e garantir segurança às pessoas”, disse Althoff.

Sávio James Pereira

Segundo Althoff, para reativar a função de pré-embarque das estruturas seriam necessários de 10 a 12 cobradores por dia, o que torna a operação muito cara. O Seterb até cogita reativá-las um dia, mas somente com o sistema automático de cartões, sem cobradores.

Banheiros

Os banheiros dos seis terminais de ônibus também vão passar por melhorias, adianta  Althoff. O edital de licitação deve ser publicado nos próximos dias. Principal foco de reclamações dos usuários, os sanitários serão completamente reformados, desde o revestimento cerâmico até os equipamentos e móveis.

“Serão refeitos do zero”, destaca Althoff.

O investimento previsto é de R$ 450 mil. Nos terminais em que houver espaço suficiente, haverá banheiros adaptados para pacientes ostomizados. Quanto à limpeza dos banheiros, o Seterb trocou o serviço prestado pela URB por uma empresa privada. A mudança de fornecedor, segundo Althoff, já teria melhorado a condição dos banheiros.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio