Suspeitos de matar casal com tiros na cabeça em SC estão foragidos

Polícia Civil pediu a prisão preventiva dos suspeitos e a Justiça expediu o mandado

Suspeitos de matar casal com tiros na cabeça em SC estão foragidos

Polícia Civil pediu a prisão preventiva dos suspeitos e a Justiça expediu o mandado

Redação

A Polícia Civil localizou dois suspeitos do duplo homicídio registrado no dia 27 de abril, no bairro Itinga, em Araquari, no Norte de Santa Catarina. Um mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça e os homens são considerados foragidos.

Inarel Amâncio dos Santos, de 34 anos, e Maria Eduarda Casas, de 24 anos, foram mortos a tiros dentro da residência do homem. Segundo o delegado Eduardo Mendonça, um dos suspeitos é morador de Jaguaruna e outro de Itajaí.

Investigações

Conforme relatado pelo delegado, a motivação do crime seria um desentendimento com cliente e dívidas relacionadas à escolta privada, da qual Inarel e os suspeitos trabalhavam.

Maria estava dormindo no quarto quando acordou com os tiros. Ao sair do quarto, foi vista pelos suspeitos que a mataram como “queima de arquivo”, para não serem reconhecidos.

No local, foram encontrados somente os dois suspeitos. No entanto, a Polícia Civil continua as investigações para verificar se há outra pessoa envolvida.

Relembre o crime

O casal foi morto com tiros na cabeça na tarde do dia 27 de abril, no bairro Itinga, em Araquari, no Norte de Santa Catarina. Segundo a Polícia Civil, o pai do homem encontrou o casal morto, após ir até a casa.

Os dois estariam sem contato com a família há dois dias. O responsável pelo caso, delegado Eduardo de Mendonça, diz que o corpo da mulher estava na sala. O do homem estava na sala de festas da residência.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo