Suspeitos são presos após planejar furto a joalheria em Gaspar

Criminosos chegaram a quebrar parede do estabelecimento

Suspeitos são presos após planejar furto a joalheria em Gaspar

Criminosos chegaram a quebrar parede do estabelecimento

Redação

A Polícia Militar de Camboriú e Gaspar receberem informações nesta quinta-feira, 21, de que criminosos iriam arrombar e furtar uma joalheria e relojoaria em Gaspar, e que os suspeitos eram de Camboriú e Itajaí. Além disso, a denúncia apontou que eles utilizariam um barco e chegariam até o local pelo rio Itajaí-Açu, para na sequência quebrar a parede que faz fundo com o rio.

Por conta disso, a PM realizo cercos e conseguiu acompanhar a distância os suspeitos durante cerca de sete horas. Por volta das 6h desta sexta-feira, 22, os policiais abordaram os homens no momento em que eles tentavam fugir em um carro.

No veículo os policiais encontraram e apreenderam uma serra corte, makita, macaco hidráulico, diversas discos de corte para serra, chaves de fenda, marreta, talhadeira, pés de cabra, alicates de grande porte, remos e um motor de canoa.

Ao serem questionados, os suspeitos confirmaram que iriam furtar o estabelecimento com joias e relógios, mas que não o fizeram. Mesmo assim, os policiais constaram que os criminosos já haviam feito um buraco de cerca de 40 centímetros na parede da loja.

Polícia Militar / Divulgação

Segundo informações do proprietário do estabelecimento, a parede danificada pelos bandidos daria acesso ao interior da relojoaria, ao lado de todo mostruário e armários com diversas joias, relógios e outros itens.

Os suspeitos foram detidos e encaminhados, junto com o material apreendido, à Central de Polícia em Blumenau.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo