Trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau fazem paralisação na manhã deste sábado

Novas manifestações podem acontecer durante a próxima semana

Trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau fazem paralisação na manhã deste sábado

Novas manifestações podem acontecer durante a próxima semana

Bianca Bertoli

Trabalhadores do transporte coletivo de Blumenau fizeram rápidas paralisações na manhã deste sábado, 16. A manifestação começou no Terminal do Aterro, mas atingiu outros terminais da cidade.

Segundo o presidente do sindicato da categoria (Sindetranscol), Pradelino Moreira da Silva, as paralisações duraram menos de uma hora e foram a forma que motoristas e cobradores encontraram para protestar contra a falta de negociação nas audiências marcadas pelo Tribunal Regional do Trabalho e contra o aumento da passagem de ônibus.

“Daqui pra frente pode haver manifestação todos os dias”, alertou Pradelino.

Questionado sobre a necessidade de avisar à população com antecedência, o presidente explicou que o comunicado não foi feito porque se trata de uma manifestação dos trabalhadores, não de uma paralisação oficial.

Neste sábado, o preço da passagem subiu para R$ 4,05. Na tarde de terça-feira, 12, representantes da BluMob e Sindetranscol realizaram a terceira audiência de conciliação que terminou sem avanços.

Os representantes dos trabalhadores do transporte coletivo querem principalmente garantias de que o grupo não será atingido pela lei da terceirização e pela reforma trabalhista. Para isso, pedem que novas cláusulas, aprovadas em assembleia, sejam inseridas na Convenção Coletiva de Trabalho.

A reportagem tentou contato com a BluMob, mas até o momento não teve retorno.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio