TSE manda excluir do Facebook vídeo de Luciano Hang em apoio a Bolsonaro

Corte atendeu pedido feito pela coligação do candidato a presidente do PSDB, Geraldo Alckmin

TSE manda excluir do Facebook vídeo de Luciano Hang em apoio a Bolsonaro

Corte atendeu pedido feito pela coligação do candidato a presidente do PSDB, Geraldo Alckmin

Redação

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que o empresário Luciano Hang, dono da Havan, e o Facebook retirem do ar vídeo gravado pelo empresário em que declara apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência.

Fernandes acatou pedido de liminar feito pela coligação capitaneada por Geraldo Alckmin, candidato à presidência pelo PSDB. Na representação feita à Justiça Eleitoral, o tucano alegou que Hang “contratou o Facebook, por meio da ferramenta de impulsionamento eletrônico”, para divulgar propaganda eleitoral em benefício de Bolsonaro.

Alckmin alegou que é proibido, pela lei eleitoral, a divulgação da propaganda paga na internet, por qualquer pessoa que não seja o próprio candidato.

O ministro aceitou os argumentos e determinou ao Facebook que retire do ar o vídeo, que foi gravado ao vivo. A publicação deve ser removida em até 24 horas após a intimação do Facebook, sob pena de multa de R$ 30 mil, em caso de descumprimento. Nesta quinta-feira, 30, o vídeo já não estava mais no ar.

Mais notícias de Blumenau

 

Justiça determina que hospital indenize filhas de paciente que cometeu suicídio

Documentário relata luta de atleta blumenauense contra doença autoimune

Novas desapropriações devem destravar pontos críticos da duplicação da BR-470

Polícia Civil fecha casas noturnas nas ruas Sete e Antônio da Veiga

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo