Urbanizadora de Blumenau é campeã de citações em lista negra do TCE

Sete ex-presidentes e um ex-gerente da URB tiveram contas consideradas irregulares

Urbanizadora de Blumenau é campeã de citações em lista negra do TCE

Sete ex-presidentes e um ex-gerente da URB tiveram contas consideradas irregulares

Evandro de Assis

Imagine uma empresa que, em menos de 20 anos, tenha contratado sete diretores-presidentes diferentes. Todos eles, ao sair do cargo, deixaram para trás inconsistências no caixa percebidas em auditoria. Isso aconteceu em Blumenau, mas com uma empresa pública.

A Companhia Urbanizadora de Blumenau (URB) tem sete ex-presidentes e mais um gerente de Obras na lista de 1.068 gestores públicos com contas consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Os processos blumenauenses chegaram a uma fase em que só é possível recorrer da decisão junto à Justiça. No TCE não há mais o que fazer.

A relação foi entregue pelo Tribunal de contas à Justiça Eleitoral e pode servir de base para a análise de candidaturas nestas eleições. Porém, nenhum dos nomes relacionados à URB concorre nestas eleições.

Agentes públicos ligados à Câmara de Vereadores e à Secretaria de Desenvolvimento Regional do governo estadual (hoje chamada de Agência) também figuram na lista. Confira aqui a relação completa.

URB é foco de problemas

Foco de investigações, a Companhia Urbanizadora de Blumenau (URB) já passou por uma investigação da Câmara de Vereadores, na chamada CPI das Obras, durante o governo do ex-prefeito Décio Lima (PT). O caso até hoje ainda tem repercussões na esfera judicial. 

A URB também figurou entre os focos principais das investigações da Operação Tapete Negro, comandada pelo Ministério Público em 2012, no fim do governo de João Paulo Kleinübing (DEM).

Ex-diretores com contas consideradas irregulares

Diretores-presidentes:
Célio Dias
Éder Lima
José Sarmento
Marcelo Moraes da Silva
Mário dos Santos
Roberto Carlos Imme
Stênio Sales Jacob

Gerente de Obras
José Ruben Welter

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo