Veja quais praias da região estão impróprias para os banhistas neste Carnaval

Ao todo, 30 locais foram considerados inadequados na pesquisa de balneabilidade da Fatma

Veja quais praias da região estão impróprias para os banhistas neste Carnaval

Ao todo, 30 locais foram considerados inadequados na pesquisa de balneabilidade da Fatma

Redação

O novo relatório de balneabilidade da temporada de verão, divulgado nesta sexta-feira, 9, pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que substitui a Fatma, mostra que dos 215 pontos analisados, 115 (53,5%) estão próprios para banho. As coletas foram realizadas entre 5 e 9 de fevereiro e o relatório completo está aqui ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Nas praias mais procuradas pelo blumenauense, o número de pontos impróprios caiu na última semana. Eram 34 na semana passada e agora são 30. Confira abaixo:

Praias Próprias Impróprias
Balneário Camboriú 12 3
Barra Velha 2 2
Bombinhas 3 6
Itajaí 4 1
Itapema 3 5
Nvegantes 2 2
Penha 4 7
Piçarras 2
Porto Belo 2 4

 

Como a balneabilidade é testada

Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. “Começamos a colher as amostras para o início da temporada em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, Silva. Além da estrutura da Fundação, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.

Durante a temporada de verão, a Fatma realiza as análises semanalmente. Assim que os resultados são cadastrados no sistema, o site e o aplicativo são atualizados automaticamente.

“Indicamos que se observe o histórico do local. Se, na maior parte do tempo está próprio, a chance de estar contaminado é menor que um local que apresenta um histórico de impropriedade”, explica o gerente de Pesquisa e Análise Ambiental, Oscar João Vasquez Filho.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio