Votação no TSE que favorece Ana Paula Lima a assumir vaga na Câmara é suspensa

Tribunal Superior Eleitoral voltou a avaliar pedido do PT nesta quinta-feira

Votação no TSE que favorece Ana Paula Lima a assumir vaga na Câmara é suspensa

Tribunal Superior Eleitoral voltou a avaliar pedido do PT nesta quinta-feira

Redação

Voltou ao plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a votação do recurso do Partido dos Trabalhadores (PT) para reconhecer como válidos os votos de Ivana Laís da Conceição (PT), impugnados nas últimas eleições.

Se o recurso for aceito, Ana Paula Lima (PT) será beneficiada, conquistando uma vaga na Câmara de Deputados. Ana Paula, que não se elegeu por um voto, depende da validação dos votos de Ivana para conseguir uma cadeira na Câmara.

O ministro Admar Gonzaga suspendeu em dezembro a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de deferir a candidatura de Ivana, o que tirou a vaga de Ana Paula. Foi então que o PT entrou com recurso para tentar anular a decisão.

Agora, o plenário vota se aceita ou não o recurso do PT. Foram quatro votos favoráveis a Ana Paula contra um. Dois ministros ainda terão de se posicionar. A votação foi suspensa nesta quinta-feira, 15, porque o ministro Luís Roberto Barroso pediu vistas. Ainda não há nova data para ser retomada.

Se Ana Paula entrar na Câmara, Ricardo Guidi (PSD) terá de ceder o lugar à petista.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo