Advogado de pastor de Blumenau preso por atos de janeiro se manifesta

Dirlei Paiz foi preso na última quinta-feira

Advogado de pastor de Blumenau preso por atos de janeiro se manifesta

Dirlei Paiz foi preso na última quinta-feira

Kamile Bernardes

A defesa do pastor blumenauense Dirlei Paiz, preso na manhã da última quinta-feira, 17, na 14ª fase da Operação Lesa Pátria, se manifestou nesta segunda-feira, 21, através de uma nota à imprensa.

Na nota, a defesa de Dirlei, diz que receberam contatos de pessoas interessadas em visitar o pastor na prisão. No entanto, a nota esclarece que legalmente isso não é possível e que a pedido da defesa, ninguém poderá visitar Dirlei. A defesa também se diz contrário à “espetacularização” de prisão.

Leia também: Quem é Dirlei Paiz, pastor de Blumenau preso em operação contra atos de 8 de janeiro

A operação

A operação tem como objetivo identificar pessoas que incitaram, participaram e fomentaram os fatos ocorridos em 8 de janeiro, em Brasília (DF), quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos.

Leia a nota na íntegra:

Ilustres interessados.

Na qualidade de advogado constituído do pastor Dirlei Paiz, custodiado por
ordem do Supremo Tribunal Federal desde o dia 17/08/2023, faz-se necessário
pontuar que:

Desde a data de sua segregação recebemos vários contatos de pessoas
interessadas em visitar o pastor no cárcere.

A defesa entende as manifestações, mas esclarece que legalmente isto é
impossível e que por prevenção já comunicou o ergástulo público sobre este
ponto.

Ademais, a pedido da defesa, ninguém poderá visitá-lo, seja quem for, exceto
se por ordem do ministro relator do caso em apreço.

A defesa aproveita para ratificar que é contrário a qualquer espetacularização
de prisão, seja de quem for sob o argumento que for. Diante disso, a defesa
não colaborará para ser, ainda que de forma indireta, espetacularizada a
questão sobre a pessoa em questão tal qual sua condição no esgástulo público.

Por fim, entendemos que tudo deve ser realizado exclusivamente nos autos.
Gratos pela compreensão


Assista agora mesmo!

Sargento Junkes e Banda Cavalinho se reúnem no Bar da Zenaide para boas risadas e muita música:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo