Advogado deve pedir revogação da prisão de homem que matou a ex-namorada

A defesa dirá que Éverton não apresenta risco à sociedade

Advogado deve pedir revogação da prisão de homem que matou a ex-namorada

A defesa dirá que Éverton não apresenta risco à sociedade

Julia Schaefer

O advogado que defende Éverton Balbinott de Souza, homem que assassinou a ex-namorada, Bianca Mayara Wachholz, de 29 anos, na semana passada, afirmou que vai pedir a revogação da prisão preventiva, decretada na quinta-feira, dia 26.

João Felipe Figueiredo, que responde judicialmente por Éverton, disse que ainda não está com o inquérito policial em mãos para analisar e dar encaminhamento ao pedido de revogação. No entanto, afirma que conversou com Éverton nesta segunda-feira, dia 30, sobre os próximos passos a serem dados.

A linha de defesa que Figueiredo vai seguir tentará comprovar que Éverton não é um perigo para a sociedade se mantido solto. Segundo o advogado, ele falou que cometeu um erro, apresentou-se à polícia espontaneamente e não resistiu no momento da prisão. Além disso, Figueiredo sustentará o fato de que o homem não possui nenhum antecedente criminal.

“A gente entende que a prisão dele neste momento seria injustificada”, afirma o advogado.

A ideia é fazer com que Éverton responda ao processo em liberdade, já que o inquérito policial ainda não foi encaminhado ao Ministério Público, e, por isso, ainda não há denúncia. Depois que o juiz receber a denúncia é que inicia-se o prazo para que o réu apresente defesa.

Por se tratar de um crime contra a vida, o julgamento de Éverton deve ocorrer em uma sessão do tribunal do júri.

Mais notícias de Blumenau

Bandidos tentam assaltar padaria de Blumenau, mas fogem sem levar nada

Acidente mata ao menos uma pessoa na BR-470

Policial Militar de Santa Catarina grava vídeo dançando ao lado de carro em movimento

35 imagens que marcaram a grande enchente de 1983, em Blumenau

Tribunal Regional Eleitoral esclarece que votos nulos ou brancos não anulam eleição

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo