+

Ambientalista Lauro Bacca estreia coluna em O Município Blumenau

Naturalista vai tratar de ecologia e as transformações no meio ambiente no Vale do Itajaí

O jornal O Município Blumenau estreia na próxima segunda-feira, 23, a coluna semanal do naturalista e ambientalista Lauro Bacca. O especialista vai tratar de ecologia e das transformações no meio-ambiente no Vale do Itajaí.

“Tenho o privilégio de ter desenvolvido, ao longo de décadas de vida, uma visão mais ecocêntrica e menos antropocêntrica de mundo. Se conseguir contribuir, com os meus artigos, para uma visão menos antropocêntrica das coisas, no sentido de que temos que ter consciência de que somos parte e não à parte da natureza, estarei me sentindo realizado e agradeço a O Município pela oportunidade”, enfatiza.

Lauro é formado em História Natural pela Furb, com especialização em Ecologia pela UFRGS e mestre em Biologia (Ecologia) pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Ele foi professor nas áreas de Ecologia e Meio Ambiente na Universidade Federal do Amazonas e na Furb até se aposentar em 2004. Também atuou como professor na área em diversos cursos do Senai de Blumenau.

“Sempre tenho escrito artigos para jornais. Somando tudo, devo ter perto de mil artigos populares publicados”, comenta.

“Voltamos à estaca zero”

Na opinião de Lauro, apesar de Blumenau ter sido pioneira no país quanto à gestão ambiental municipal, os órgãos ambientais oficiais ainda são muito burocráticos. Além de distanciar a atuação da população, isso também prejudica a conservação da biodiversidade.

“Falta muita iniciativa e proatividade. Órgãos que não apenas executem, mas que pensem o meio ambiente. Com criatividade, competência e visão de conciliação da proteção ambiental com as necessidades da sociedade humana”, comenta.

O ambientalista considera que “voltamos à estaca zero” após a gestão federal do meio ambiente. Entretanto, ele diz que está mais esperançoso com o enfoque na Economia Verde e Solidária pelo governo estadual.

Atuação no estado

Além da carreira acadêmica, Lauro é sócio-fundador e presidente da Associação Catarinense de Preservação da Natureza (Acaprena), ONG ambientalista mais antiga de Santa Catarina. Ele também já dirigiu o Museu Fritz Müller e o Parque Ecológico Artex. Na esfera municipal, já atuou como secretário de Meio Ambiente e vereador de Blumenau.

O ambientalista também é conselheiro de várias entidades. Entre elas, a Associação de Proprietários de RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) de SC, o Conselho Estadual do Meio Ambiente, o Conselho Municipal do Meio Ambiente de Blumenau e o Conselho do Parque Nacional da Serra do Itajaí.

Colaborou Bruno da Silva

– Assista agora:

Competições e muita diversão: veja como é uma noite na 38ª Festa Pomerana, em Pomerode

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo