Após drama na BR-470, Metropolitano bate o Marcílio Dias por 3 a 0 no Sesi

Time de Blumenau larga com grande vantagem rumo ao título da Série B do Catarinense

Após drama na BR-470, Metropolitano bate o Marcílio Dias por 3 a 0 no Sesi

Time de Blumenau larga com grande vantagem rumo ao título da Série B do Catarinense

Redação

Drama fora de campo, êxtase diante da torcida. O Metropolitano experimentou extremos na noite gelada de quarta-feira, 22, em Blumenau. A caminho do estádio, o ônibus da delegação se envolveu em um grave acidente na BR-470, com duas pessoas gravemente feridas. Dentro das quatro linhas, atuação convincente no Sesi e vantagem de 3 a 0 sobre o Marcílio Dias na decisão da Série B do Catarinense.

O Metrô só não conquistará o primeiro título estadual de sua história no próximo domingo, em Itajaí, se perder o jogo da volta por mais de dois gols de diferença. A julgar pelo desempenho no Sesi, os blumenauenses têm motivos para otimismo.

Metrô abre vantagem

Se a partida começou equilibrada, com chances para os dois lados, conforme avançava o primeiro tempo a superioridade do Metropolitano ficava mais clara. Ainda mais depois que saiu o primeiro gol, que nasceu de uma jogada de bola parada.

Ari Moura cobrou falta para a área, Douglas Silva ajeitou de cabeça e o artilheiro Willian Paulista empurrou para a rede, aos 34 minutos.

No segundo tempo, o Metropolitano foi seguro na defesa e eficiente nas rápidas saídas para o ataque. Mal deu tempo de o Marcílio Dias tentar se ajustar em campo e Ari Moura recebeu na pequena área e ampliou, aos 4 minutos.

Diego Palhinha marcou o terceiro em uma jogada de rara inspiração, aos 13 minutos. A vantagem de 3 a 0 tirou o Marcílio do sério. Aos 16 minutos, o meio-campo Daniel foi expulso por reclamação.

O jogo de volta em Itajaí, será às 16h de domingo. Marcílio e Metropolitano já conquistaram o acesso à Série A do Catarinense em 2019.

Homenagem a Elton

O zagueiro Elton foi homenageado antes da partida pelos mais de 150 jogos com a camisa do Verdão. Ele é o atleta que mais vezes vestiu a camisa do time de Blumenau em 16 anos de história.

Metropolitano/Divulgação
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio