+

Assassino de taxista de Blumenau é condenado; confira a sentença

Vara Criminal de Blumenau condenou Eder Roberto da Silva, o Edinho, a 22 anos de prisão

Eder Roberto da Silva, o Edinho, foi sentenciado a 22 anos de prisão pela 1º Vara Criminal de Blumenau. Ele foi o autor do homicídio contra o taxista Ismael Batista de Liz, em fevereiro deste ano.

O juiz Lenoar Madalena foi quem sentenciou o réu. Da decisão, ainda cabe recurso ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC)

Relembre o caso

No dia do crime, Ismael foi encontrado caído morto na garagem de sua residência por um colega de trabalho que o procurava. Os trabalhos investigativos iniciaram imediatamente com a realização de perícia e oitivas de testemunhas na localidade.

Assim, foi possível descobrir ainda no dia do crime que um vizinho, Edinho, que possuía passagens policiais anteriores, teria saído de casa naquela manhã, levando consigo seus pertences pessoais e após se despedir de seus familiares.

Chamou a atenção dos investigadores o fato de aquele vizinho ao sair de casa ter pedido perdão para sua mãe pois havia feito “algo errado com uma pessoa boa”.

A partir daí diversas pessoas foram ouvidas na Delegacia de Polícia e foi possível esclarecer que a vítima possuía duas armas de fogo em sua residência e que o referido vizinho teria se interessado pelos revólveres.

Além disso, Ismael teria afirmado para uma terceira pessoa que “estava com medo” do vizinho e por isso dormia com uma das armas junto de si. Inclusive, a pessoa investigada havia tentado arrombar a casa da vítima no dia anterior quando ele não estava em casa.

No dia do crime, segundo os policiais, provavelmente a vítima franqueou a entrada do suspeito até a garagem do imóvel e, em determinado momento, foi rendido e morto com um disparo de arma de fogo no peito.

Em seguida, o autor do crime retornou até sua residência que fica a poucos metros do local, recolheu seus pertences pessoais e fugiu.

Considerando todas as provas existentes no inquérito policial, principalmente o relatório de investigação confeccionado pelos Agentes de Polícia e depoimentos, o Delegado Egídio Maciel Ferrari representou ao Poder Judiciário pela prisão temporária do suspeito.

Logo em seguida o juízo da 1ª Vara Criminal da Comarca de Blumenau deferiu o pedido de prisão, após manifestação favorável do Ministério Público. Foram realizadas diversas buscas pelo suspeito, até que ele foi encontrado e preso por uma guarnição da polícia militar em Barra Velha, no litoral catarinense.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo