Candidato a vereador de Pomerode é expulso do PL por aproximação com o nazismo

Diretório estadual afirmou não compactuar com ideologia de professor Wander, conhecido pela piscina com suástica

Candidato a vereador de Pomerode é expulso do PL por aproximação com o nazismo

Diretório estadual afirmou não compactuar com ideologia de professor Wander, conhecido pela piscina com suástica

Redação

Conhecido pela piscina que exibe uma enorme suástica e por nomear o filho Adolf, o professor Wander foi expulso do Partido Liberal. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 8, após o diretório estadual da legenda se posicionar contra a ideologia do candidato a vereador.

Wandercy Antônio Pugliesi, morador de Pomerode, virou notícia internacional após o símbolo nazista ser descoberto em sua casa. O professor nunca foi condenado criminalmente, já que a polícia entendeu que, mantida dentro de casa, a piscina não fazia propaganda ao nazismo.

Imagem foi feita pela polícia ao sobrevoar a região por conta de um assalto. Foto: Divulgação

O professor é conhecido por ter lecionado em diversas escolas da região por décadas. Em nota, o partido afirmou “não compactuar ideologicamente com o filiado”. Em conclusão: “o partido reforça sua firme posição contra todo tipo de apologia à discriminação racial, religiosa e social”.

O Partido Liberal de Santa Catarina também afirmou não conhecer a filiação, pois o processo foi realizado diretamente pela sigla municipal. Esta foi a primeira vez que o catarinense, de 58 anos, se candidatou.


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo