Foi devolvendo sorrisos que os cirurgiões dentistas Paulo Gutierrez e Rodrigo Rebelo perceberam que poderiam ir além. O primeiro tem 20 anos de profissão e o segundo, 12. Ambos são especialistas em implantodontia e operações bucomaxilofaciais. Na prática, significa fazer reabilitações com próteses e tratar cirurgicamente traumatismos e deformidades faciais, maxilares e de mandíbula.

Após tanta experiência em trabalhos minuciosos, Gutierrez e Rebelo perceberam que faltava a harmonização. Depois de um implante, o sorriso fica novo, o ar mais jovial, mas as consequências de anos sem um ou mais dentes são visíveis. A estrutura do lábio e a firmeza da pele são diretamente afetadas.

A dupla buscou e busca constantemente atualização e desde o início do ano faz da CIOR, em Blumenau, uma clínica que oferece o complemento estético a quem renova o sorriso. Para quem faz cirurgias delicadas, tratar de rugas profundas, colocar próteses para fins estéticos (como criar a “maçã” do rosto) ou usar ácido para preenchimento facial são procedimentos até menos complicados, mas não menos importantes para o paciente.

“As nossas intervenções já dão um grande resultado estético, mas a harmonização é um up, uma pincelada final”, resume Rebelo.

“É a cereja do bolo. Nós devolvemos o que o tempo prejudicou. Vemos o quão frustradas e tristes são as pessoas que não tiveram a oportunidade de ter um tratamento decente. Já que conseguimos oferecer isso, por que não completar?”, complementa Gutierrez.

Não são só os pacientes que tiveram uma vida com dentadura ou dentes a menos que se encantam pela harmonização. É ascendente o número de jovens que buscam o trabalho da CIOR para prevenir o envelhecimento.

A maioria das intervenções ocorre com o uso de agulhas. Para quem tem medo, inclusive de qualquer outro tratamento odontológico, Gutierrez oferece a sedação com óxido nitroso. O paciente fica consciente, mas tão relaxado que esquece estar na cadeira do dentista.

Confira algumas das técnicas de harmonização facial adotadas na CIOR:

Microagulhamento

Uma amostra de sangue do paciente é coletada. Dela, o plasma é separado para se tornar protagonista da substância que será injetada na pele através das microagulhas.

O plasma, por ser rico em fibrina (uma cadeia de proteína), aumenta a produção de colágeno, o que ajuda a regenerar as células e rejuvenescer a pele. Isso significa amenização ou até extinção de rugas, manchas e marcas de acne. Além disso, os poros diminuem de tamanho, deixando a textura do rosto mais firme.

Divulgação

Preenchimento com ácido hialurônico

A substância restaura a pele envelhecida, dá volume aos lábios, reduz o “bigode chinês” (sulcos ao redor da boca) e as olheiras. Além disso, proporciona o aumento das marcas do rosto e do contorno.

Botox®

A toxina botulínica, forte no mercado estético há algum tempo, começou na odontologia auxiliando tratamentos como os de bruxismo, já que age no relaxamento dos músculos. Para a beleza, previne as linhas de expressão e rugas justamente pelo efeito sedativo que causa.

As mais comuns são as aplicações feitas na testa (espaço entre as sobrancelhas) e nos “pés de galinha”, que são as rugas que se formam na região dos olhos.

Lentes de contato

Em alta no momento, a técnica nada mais é do que uma fina, mas resistente camada de porcelana que é colada ao dente. É o adeus definitivo aos clareamentos.

As lentes também corrigem pequenas imperfeições, como as do formato dos dentes. Por serem definitivas, é possível fazer um teste antes de aplicá-las para se ter uma noção do resultado. O planejamento é computadorizado e uma simulação é construída em resina (o chamado mock-up).

Entre em contato com a CIOR

Telefone: (47) 99655-8300
Clique aqui para visitar a página da clínica no Facebook
Dr. Rodrigo Rebelo – CRO/SC 8863 e Dr. Paulo Gutierrez – CRO/SC 5574
CIOR – EPAO 1587

Deixe uma resposta