Coronavírus: Blumenau improvisa abrigo temporário para pessoas em situação de rua

Parceria com ONG de Blumenau disponibiliza mais um espaço durante pandemia

Coronavírus: Blumenau improvisa abrigo temporário para pessoas em situação de rua

Parceria com ONG de Blumenau disponibiliza mais um espaço durante pandemia

Redação O Município Blumenau

Além do Abrigo Municipal de Blumenau (Amblu) que já realiza o acolhimento de pessoas em situação de rua na cidade, uma nova estrutura foi aberta provisoriamente durante a pandemia de coronavírus.

Por conta da limitação de 50 pessoas no abrigo municipal, a prefeitura fez uma parceria com a Associação Família Feliz. A ONG trabalha com a reinserção social de dependentes químicos.

O abrigo, que está ativo desde sexta-feira, 20, fica localizado na Rua Regente Feijó, 42, no bairro Itoupava Seca. No local também ficam as pessoas que não aceitam o Regimento Interno do Amblu. Os abrigados recebem diariamente a visita de um enfermeiro para acompanhar a saúde deles.

No final da semana passada, a equipe da Abordagem Social fez a busca pelas pessoas em situação de rua na cidade para encaminhá-las aos abrigos. Onze pessoas foram para o abrigo municipal e 26 para o emergencial. Quem possui família na cidade foi orientado a voltar para suas casas durante a pandemia.

“Na rua eles estão muito vulneráveis a esse vírus. Por isso nós estamos com nossa equipe toda trabalhando, levando para o abrigo e mostrando para eles que podem sim vencer essa doença”, diz o secretário de desenvolvimento social, Oscar Guilherme Grotmann Filho.

Atendimento durante pandemia

A Semudes manteve em funcionamento apenas os serviços essenciais, com isso o Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP) e Abordagem Social estão fechados. Mas a população em situação de rua está sendo assistida pelos dois abrigos e em casos de emergência a Abordagem Social é acionada para ir ao local. Mais informações sobre os serviços pelo telefone 3381-6607 ou 3381-7777.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo