Depois de repudiar, Câmara agora aplaude evento da Escola Elza Pacheco

Moção de aplauso foi proposta pelo vereador Lenilso (PT), e aprovada por 6 a 5

Depois de repudiar, Câmara agora aplaude evento da Escola Elza Pacheco

Moção de aplauso foi proposta pelo vereador Lenilso (PT), e aprovada por 6 a 5

Redação

Por 6 votos a 5, a Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira, 23, moção de aplauso ao evento sobre diversidade promovido pela Escola Elza Pacheco, em Blumenau. O ciclo de palestras, que encerrou o festival de cinema estudantil, foi promovido no dia 14 de novembro. A decisão acompanha moção idêntica aprovada pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina também nesta quinta.

Em outubro, a mesma Câmara aprovara outra moção sobre o evento, mas de repúdio. O autor, vereador Marcos da Rosa (DEM), alegava à época que a atividade era uma tentativa de abordar “ideologia de gênero” no ambiente escolar. Naquela votação, apenas Bruno Cunha (PSB), Ito de Souza (PR) e Professor Gilson (PSD) votaram contra a moção de repúdio. Adriano Pereira (PT) absteve-se.

Dos que repudiaram o evento escolar em outubro, dois mudaram de ideia agora: Alexandre Caminha (Pros) e Alexandre Matias (PSDB). Jovino Cardoso (DEM) absteve-se de votar. Firmaram posição contrária: Sylvio Zimmermann (PSDB), Jens Mantau (PSDB), Ricardo Alba (PP), Marcelo Lanzarin (PMDB) e Oldemar Becker (DEM).

Zeca Bombeiro (SD) e Almir Vieira (PP) não estavam presentes à sessão. O presidente Marcos da Rosa só votaria em caso de empate.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio