+

Empresa blumenauense faz boletim de ocorrência após ser citada em “listas para boicote”

Entidades de Blumenau se posicionaram em relação às listas

Desde a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno das eleições em 2022, diversas listas de empresários supostamente petistas estão circulando pelas redes sociais em todo o país. Em Blumenau não é diferente.

Seja pelo WhatsApp, Telegram ou Facebook, listas com nomes de empresas e até prestadores de serviços da cidade são distribuídas pedindo boicote a eles.

“Boicotem as empresas que apoiam o PT! Repassem essa lista para grupos e seus contatos! Quem votou a favor de um país tomado pela inflação, desemprego, robalheira e corrupção não merece o nosso dinheiro. Que vão para Cuba ou Venezuela”, diz o enunciado de uma das mensagens, que na sequência traz o nome das empresas supostamente apoiadoras do PT.

“Lojas, produtos, serviços que deverão sofrer boicote a partir de agora por terem ajudado o PT e seus proprietários serem declaradamente petistas. Evitem comprar mais desse pessoal”, também é o texto de outra lista compartilhada nas redes sociais.

Diante do cenário, uma das empresas citadas nas listas procurou a Polícia Civil de Blumenau e fez um boletim de ocorrência por calúnia. Através de prints, denunciou diversas pessoas que teriam compartilhado as mensagens nas redes sociais.

O delegado Regional de Blumenau Rodrigo Marchetti informou que até o momento desconhece qualquer outro boletim de ocorrência referente ao tema. Segundo ele, se denunciado, é necessário investigar e analisar o caso para entender se há ou não crime.

OAB se pronuncia

A OAB de Blumenau, tendo tomado conhecimento da circulação de listas apócrifas incluindo nomes de advogados e escritórios da nossa região, reafirma que as prerrogativas da advocacia são uma das garantias mais importantes e condição imprescindível para o exercício profissional, assegurando também a plena e irrestrita defesa dos cidadãos representados.

Trata-se de direitos fundamentais. Portanto, não se pode admitir a sua violação, ou quaisquer iniciativas que prejudiquem a atuação de advogados ou advogadas, como atos de calúnia e difamação que possam colocar sob suspeição a sua atuação profissional.

A OAB de Blumenau se solidariza com os profissionais atingidos por listas apócrifas que circulam na região, repudiando veementemente esta prática, ao tempo em que se coloca à disposição para o apoio necessário aos colegas. Sendo necessário, igualmente serão realizados os encaminhamentos à seccional catarinense, com vistas à adoção de providências pertinentes também por parte das comissões estaduais de Prerrogativas e Eleitoral.

Acib se pronuncia

A Associação Empresarial de Blumenau (Acib) emitiu um posicionamento contrário às listas. Nesta segunda-feira, 7, a entidade publicou e divulgou um ofício se colocando em favor da democracia e na defesa dos associados. Confira a nota na íntegra:

CARTA ABERTA AOS ASSOCIADOS,
A Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) vem a público se posicionar mais uma vez em favor da democracia e na defesa dos nossos associados. Refutamos qualquer tipo de boicote aos empreendedores locais e ressaltamos mais uma vez que a democracia deve prevalecer.

Queremos lembrar que como associação temos alguns valores que não podem ser negociados: atitude independente e apartidária; promoção da justiça e cidadania e respeito à memória.

A história já nos ensinou de maneira dolorosa que a intolerância nos diversos segmentos, seja ela de etnia, religiosa ou política, trouxe prejuízos irreparáveis à sociedade.
Reiteramos o compromisso com nossos associados e com a democracia.

Associação Empresarial de Blumenau | ACIB

– Assista agora:
Sargento Junkes fala sobre haters, Reino do Garcia e problema de saúde

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo