+

Especialista em culinária oriental traz sabores peruanos para Blumenau

Lima traz o tradicional sushi com temperos do Peru

Já faz tempo que o sushi não é uma novidade em Blumenau. Mas e a mistura entre a culinária japonesa e a peruana, você conhece? A cozinha conhecida como Nikkei chegou à cidade recentemente, mas já está conquistando fãs.

Trabalhando com culinária oriental desde 2010, o chef Joelson dos Santos explica que a diferença está no tempero. Ele descreve a culinária peruana como equilibrada. Trazendo diferentes condimentos sem deixar que a pimenta roube o sabor.

Achei que Blumenau merecia algo elaborado e bem feito. Mesmo sendo apenas delivery, nossa ideia é levar para o cliente a qualidade de restaurante. Na primeira garfada, ou hashi, queremos que ele se sinta no Peru”, comenta.

Arroz chaufa peruano – inspiração chinesa com sabores do Peru. | Foto: Lima Cocina Nikkei/Divulgação

Junto da companheira Juliana Brockveld e do sócio Juliano Antônio Bernardo, Joelson abriu o restaurante Lima Cocina Nikkei no dia 14 de junho. Natural de Goiânia, ele estava em Florianópolis e viu em Blumenau a oportunidade de trazer uma culinária diferente.

“Queríamos sair da tradição da cidade. Vemos muitos sushis com padrões parecidos. Queríamos trazer algo diferente. Um sushi colorido, visualmente chamativo. Apostamos e os clientes já estão repetindo e trazendo ótimos feedbacks”, comenta.

Fachada do restaurante na rua São Paulo. | Foto: Lima Cocina Nikkei/Divulgação

Experiência na cozinha

Filho de uma cozinheira, Joelson começou cedo na cozinha. Entretanto, foi há pouco mais de uma década que se especializou na culinária oriental. O contato com a comida peruana, especialmente combinada à japonesa, veio em 2017.

“Gostei especialmente da forma como eles adaptavam a culinária japonesa para aquela comida colorida e bem temperada. Foi amor à primeira vista e comecei a estudar. Eu diria que é como a comida mineira, que tem um tempero próprio. Peru não é só ceviche e pimenta”, comenta.

Caldo del Mar com polvo e camarão. | Foto: Lima Cocina Nikkei/Divulgação

Durante a trajetória profissional, Joelson prestou consultoria para grandes restaurantes. Construindo cardápios e combinando sabores. O plano do casal era se mudar para o Chile. Porém, investir em um negócio em Santa Catarina foi a saída que eles encontraram para começar uma nova vida.

Com a evolução do Lima, os planos são mudar para uma cozinha maior para poder incluir mais pratos quentes no cardápio e poder oferecer um espaço para os clientes consumirem no local.

“E vamos seguir entregando a mesma comida no delivery que entregaríamos no restaurante. O prato tem que chegar na casa do cliente como nas fotos. Temos muito cuidado com as embalagens e pedimos para o entregador ser cauteloso”, comenta o chef.

Ceviche Mira Flores, que combina salmão, pimenta peruana e maracujá. | Foto: Lima Cocina Nikkei/Divulgação
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo