Forte chuva causa estragos na região e atinge aproximadamente 120 pessoas, em Brusque

Durante à noite de sexta-feira, cerca de 40 residências foram invadidas pela água no município

Forte chuva causa estragos na região e atinge aproximadamente 120 pessoas, em Brusque

Durante à noite de sexta-feira, cerca de 40 residências foram invadidas pela água no município

Luiz Antonello

Na noite desta sexta-feira, 10, a chuva forte causou estragos na região do Vale do Itajaí. Em Brusque, a Defesa Civil do município foi acionada após chover 70 milímetros em menos de uma hora. 

No município, o temporal resultou em mais de 15 pontos de alagamentos, 18 deslizamentos, quatro quedas de muro em via urbana, três queda de árvore e uma residência arrastada.

De acordo com o diretor da Defesa Civil de Brusque, Carlos Alexandre Reis, cerca de 120 pessoas chegaram a ficar desalojadas, após alagamentos atingirem aproximadamente 40 residências.

Até o momento, quatro pessoas da mesma família precisaram procurar o abrigo municipal. As outras, ficaram em casas de familiares e amigos, e muitas voltaram para as residências após as águas abaixarem.

Dentre as ocorrências de destaque, uma residência na rua Ponta Russa foi totalmente arrastada pela água de um ribeirão, que saiu da calha. No bairro Limeira, uma família ficou ilhada e necessitou do auxílio da Defesa Civil para a retirada dos moradores. 

Uma ocorrência de maior monta foi registrada na rua Ponta Russa, bairro de mesmo nome. No local, uma residência mista acabou sendo arrastada pelas águas. 

Na manhã deste sábado, 11, a Defesa Civil ainda realiza atendimentos no municípios. Não há informação de feridos.

Em Blumenau, apesar da forte chuva, a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência. De acordo com o secretário municipal da pasta, Carlos Olimpio Menestrina, apenas o dique da Vila Nova foi acionado em função do volume de chuva, mas correu tudo dentro do programado.

Defesa Civil/Divulgação

Quantidade de chuva

A Defesa Civil de Brusque fez um levantamento da quantidade de chuva nas últimas doze horas. No bairro Águas Claras, nesse período, choveu 102 milímetros (mm); no Paquetá  foram 99,4 m; no Souza Cruz, 94,6 mm; no Zantão, 81,01mm: no Volta Grande, 77,3 mm; e no São Pedro, 79 mm. 

“Em todos os pontos da cidade, teve praticamente a mesma quantidade de chuva. Porém, com mais chuva também no Ponta Russa e Poço Fundo”, destaca Reis. 

Na Ponta Russa, não tem a estação própria, mas o diretor da Defesa Civil uma estação próxima registrou 84,4mm de chuva. 

Risco de enchente

Segundo a Defesa Civil, está descartada o risco de enchente em Brusque. Durante à noite, muitas pessoas procuraram o órgão com essa preocupação.

“A possibilidade que tinha, à noite, não teve. Avisamos que não tinha esse risco, por ser uma chuva torrencial de curto prazo. Alagou e logo abaixou”, informa Reis. Em caso de ocorrências, a indicação é ligar para o número 199 da Defesa Civil.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo