Homem que tentou matar mulher surda a facadas em Blumenau por dívida de R$ 50 tem recurso negado

Vítima foi salva pela vizinha

Homem que tentou matar mulher surda a facadas em Blumenau por dívida de R$ 50 tem recurso negado

Vítima foi salva pela vizinha

Alice Kienen

Atualização – 25/06/2021/ 16h30
Diferente do que foi divulgado na publicação original, o réu, Ronaldo Dressel, não irá a juri popular. Ele morreu em 2021. O acórdão não levou isto em consideração, ou seja, os desembargadores não tinham conhecimento deste fato.

Uma dívida de R$ 50 e uma intriga por fofocas foram motivos de uma tentativa de homicídio em Blumenau. Apesar de ter recorrido no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), Ronaldo Dressel teve o pedido negado.

Edicleia Vitorio foi vítima do esfaqueamento após cobrar de Ronaldo o valor que ele devia a ela. De acordo com testemunhas, o dinheiro foi usado para comprar drogas. Amigos acreditam que o autor do crime estava sob efeito de entorpecentes quando esfaqueou a vítima.

A defesa tentou alegar que Ronaldo não tinha intenção de matar a vítima e que não há provas da autoria do crime. A advogada também tentou remover os agravantes de motivo fútil (por cobrança de um valor baixo) e de ter atacado ela de surpresa.

Entretanto, o recurso foi negado por conta da quantidade de testemunhas que presenciaram o crime. Ronaldo segue com o direito de recorrer em liberdade até a data do tribunal do júri ser definida.

Entenda como foi o crime

O crime ocorreu no dia 10 de dezembro de 2012, no bairro do Salto. No local, Ronaldo dividia uma casa com o namorado Márcio. A vítima chegou no endereço por volta das 15h e aguardou que o casal chegasse para cobrar a dívida.

Márcio e Edicleia, ambos surdos, foram um casal há cerca de uma década. Atualmente, ela mantinha uma amizade com ambos, mas acabou se desentendendo com Ronaldo. Ele considerava a mulher “fofoqueira”.

Junto dela estava uma vizinha dos dois, que morava no mesmo terreno. O primeiro a chegar foi Márcio, por volta das 19h. Além da dívida de R$50 do namorado, Márcio também devia R$ 30 à ex-namorada desde outubro.

Márcio então pediu a Edicleia que fosse embora, afirmando que pagaria em janeiro. Ele então foi tomar banho, enquanto a vítima assistia TV e a vizinha estava no computador. Foi quando Ronaldo chegou alterado e gritou “manda esse demônio embora daqui”.

Por ser surda, Edicleia não ouviu que ele havia chegado. Porém, percebendo que Ronaldo estava segurando uma faca de 17 centímetros, a vizinha segurou o braço dele. Essa intervenção impediu que a facada atingisse o peito da vítima e pegasse na perna esquerda dela.

Para a vítima e para a vizinha, a intenção de Ronaldo era matar Edicleia. Ela então correu para o banheiro para estancar o sangue e acabou desmaiando, momento em que Márcio descobriu o que havia ocorrido. De acordo com ele, o namorado é usuário de crack.

Polícia Militar, Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados pouco após as 20h. A arma do crime estava no balcão da cozinha. Edicleia foi internada no Hospital Santa Isabel e acabou perdendo muito sangue. Ronaldo tentou fugir, mas foi detido pelos vizinhos e acabou preso.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo