+

Hotéis e hospedagens de Blumenau enfrentam quedas de 70% a 80% no faturamento do ano

Após seis meses de restrições, o setor de hospedagem apresenta queda no faturamento

Desde março de 2020, vários setores da economia enfrentam dificuldades devido à pandemia e os decretos governamentais. Após seis meses desde o primeiro decreto estadual em 17 de março, houve momentos de abertura e fechamento de lojas, shoppings, hotéis e restaurantes.

Um dos setores mais impactados é o hoteleiro. Pousadas, hostels e hotéis tiveram limitações impostas pelos governos estadual e municipal. Durante esses meses, houve momentos em que estiveram completamente fechados. O decreto atual municipal, do dia 5 de agosto, estabelece limitação de ocupação em 30% da capacidade do local.

O Plaza Blumenau Hotel, localizado no Centro da cidade, é um dos estabelecimentos que teve queda no faturamento deste ano. Segundo o gerente geral, Leonardo Silva, o hotel está fechado desde março. A demanda atual inviabiliza o funcionamento do local. 

De acordo com Silva, a queda na ocupação foi de 80% afetando o faturamento do ano. Com o cancelamento da edição 2020 da Oktoberfest, o hotel também teve cancelamentos de reservas, uma queda de 70% da ocupação para outubro.

O Hotel Mime, localizado no bairro Badenfurt na rodovia BR-470, também enfrenta a baixa ocupação. O estabelecimento que passou por melhorias no início do ano teve uma baixa de 50% da ocupação ao comparar o mês de agosto de 2019 e 2020. A gerente Dayane Michelle Berndt conta que o hotel precisou reduzir custos. “Tivemos redução de quadro de funcionários e funcionários com suspensão temporária  de contrato. Rentabilidade baixou significativamente”, relata a gerente.

Segundo Dayane, a situação do hotel está melhorando neste mês. O principal público do hotel são de pessoas que passam pela cidade e ficam pouco tempo, alguns ficam uma noite apenas no local.

O Hotel Blumenhof, segundo a gerente Bárbara Vicenti Kuehne, seria reformado, mas decidiram apenas pintar por causa da pandemia. Grande parte das reservas feitas para o mês de Outubro foram remarcadas para outubro de 2021. Sobre as reservas durante esse ano, o hotel tem esperanças que a situação melhore nos próximos meses. “Estamos otimistas que vai melhorar aos poucos”, conta a gerente Bárbara Vicenti Kuehne.

Hospedagem alternativa sofre dificuldades com a pandemia

A Casa Amarela, localizada no bairro Jardim Blumenau, é uma das atingidas pela pandemia. O local recebeu 2 hóspedes durante os 6 meses. Segundo Felipe Colvara, responsável pelo hostel, os hóspedes eram trabalhadores de uma obra próxima que ficaram alguns dias.

Colvara diz que não teve procura por reservas em outubro. Os hóspedes, que costumavam ficar no local na época da Oktoberfest, entraram em contato para saber informações sobre o cancelamento da festa.

O lugar é um espaço de hospedagem alternativa e eventos culturais. Músicos e artistas eram um dos públicos atendidos por Colvara e, com a proibição de eventos, o hostel perdeu esses clientes.

A Casa Amarela agora busca outras alternativas para manter o local em funcionamento. 


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo