+

Imagens mostram tamanho da cratera que se abriu no acesso a Gaspar

Confira rotas alternativas para chegar na cidade

Quase 24h após o deslizamento que interditou a rua Anfilóquio Nunes Pires, a terra continua cedendo a aumentando a cratera que se abriu às margens do rio Itajaí-Açu no final da manhã desta terça-feira, 18.

O Município Blumenau

A via, que é um trecho municipalizado da Rodovia Jorge Lacerda, está totalmente interditada desde a tarde de ontem pelo risco de o desmoronamento continuar aumentando.

As autoridades da prefeitura de Gaspar irão se reunir na manhã desta quarta para planejar uma via alternativa próxima ao deslizamento.

Rotas Alternativas

Para quem trafega em sentido a Gaspar, os agentes do Departamento de Trânsito (Ditran) da cidade coordenam um desvio na altura do trevo do Sesi. Para quem vem a Blumenau, o desvio ocorre próximo ao Fórum de Gaspar, no bairro Sete de Setembro.

Os blumenauenses também podem chegar à Gaspar pelo outro lado do rio utilizando a rua Silvano Cândido da Silva. Caminhões devem utilizar apenas a BR-470.

O consórcio responsável pela duplicação da rodovia federal na altura de Blumenau planejou duas interrupções de trânsito na manhã desta quarta-feira, porém à tarde o trânsito ficará liberado por conta do feriado.

Águas Negras

A estrada geral não pavimentada é uma opção para quem se desloca por dentro de Gaspar, porém foi parcialmente interditada na manhã desta quarta quando um caminhão tentou utilizá-la e acabou enguiçando.

A via ficou bloqueada por cerca de meia hora até que a Secretaria de Obras da cidade conseguiu rebocar o veículo. A estrada deve ser utilizada apenas por veículos pequenos e ônibus.

Prefeitura de Gaspar
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo