Jovem de 22 anos é vítima de estupro coletivo e tortura em Florianópolis

Suspeitas são de que o crime tenha sido motivado por homofobia

Jovem de 22 anos é vítima de estupro coletivo e tortura em Florianópolis

Suspeitas são de que o crime tenha sido motivado por homofobia

Redação

Um jovem de 22 anos foi vítima de um estupro coletivo após ser torturado por três homens nesta segunda-feira, 31, na região central de Florianópolis.

Além de ser estuprada pelos três, a vítima teve objetos cortantes inseridos em seu ânus. Os autores do crime ainda forçaram a vítima a tatuar palavras homofóbicas em seu corpo.

Após o estupro e a tortura, os três homens abandonaram a vítima na rua. O jovem está em estado grave. 

Caso está sendo investigado pela 5ª Delegacia de Polícia da Capital e os detalhes sobre o inquérito não serão divulgados para preservar a vítima.

As suspeitas são de que o crime tenha sido motivado por homofobia. 

A presidente da Comissão de Diversidade Sexual e Gênero da OAB Santa Catarina, Margareth Hernandes, se pronunciou sobre o caso em suas redes sociais. “Essa violência que cresce assustadoramente com o incentivo de algumas igrejas, do presidente da República, de alguns prefeitos, governadores e parlamentares. Discursos de ódio são aplaudidos e por conta desses aplausos pessoas morrem de forma cruel”, disse.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo