+

Laboratório de Blumenau anuncia lista de espera para vacina ainda não aprovada no Brasil

Por publicações nas redes sociais, Genolab informa que a aplicação deve estar disponível a partir de abril

Um laboratório privado de Blumenau anunciou que irá disponibilizar em breve o uma fila de espera para vacinação contra a Covid-19. Por meio das redes sociais, a Genolab informou que está finalizando alterações em seu site para realizar as reservas aos clientes.

Reprodução/Redes sociais

O laboratório informou que irá disponibilizar doses da Covaxin, da Bharat Biotech, da Índia, que ainda não teve aprovação da Anvisa. A empresa indiana informou no início do mês que irá solicitar que os testes sejam feitos no Brasil, porém, ainda não há prazo para que isso ocorra. Na índia, a Covaxin foi aprovada para uso emergencial.

Cabe destacar que, mesmo se for aprovada, a vacina ainda pode ser requisitada pelo governo federal, para encaminhá-las aos grupos prioritários pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Desta forma, assim como já vem acontecendo, impossibilitaria a oferta pela rede privada.

Além disso, a imunização no Brasil está obedecendo um Plano de Vacinação nacional, que prevê que os grupos prioritários sejam vacinados antes do que o restante da população.

Procon e laboratório se manifestam

O Procon de Santa Catarina informou que irá notificar o laboratório, porque estaria anunciando um produto que ainda não existe. Segundo o órgão do consumidor catarinense, a empresa precisa retirar a publicação das redes sociais para não sofrer sanções administrativas.

Nossa equipe entrou em contato com o laboratório. O setor de marketing da empresa relatou que o objetivo da publicação foi informar que a lista de espera será criada, para que, quando a vacina estiver disponível, saber o tamanho da estrutura que será necessária para atender o cliente.

Informaram que ainda não foram notificados e que “não estão oferecendo o produto”, mas disponibilizando uma lista de espera, para organização de fila e sem cobrança prévia.

A diretoria científica da Genolab, Dra. Vanessa Remualdo, também encaminhou uma nota sobre o tema. Confira abaixo na íntegra:

“Nesse momento, nossa maior atenção está sendo em produzir conteúdo informativo e científico sobre todos os detalhes da vacina que iremos disponibilizar no Genolab. Estas informações (registro na ANVISA, fases de pesquisas 1, 2, 3 na Índia, fase 3 no Brasil, entre outros), estarão disponíveis em nosso site, em breve.

Iremos estruturar uma relação de pessoas interessadas (importante para que possamos nos organizar internamente com colaboradores, horários de atendimento, estacionamento, etc). O Genolab irá seguir, rigorosamente, todas as diretrizes indicadas pelo Ministério da Saúde.

Estamos trabalhando de uma forma muito transparente. Exatamente por isso, ainda não estamos fazendo a lista de espera (nossa preocupação é levar informações claras para o público, sobre a vacina e suas etapas).

Não estamos comercializando a vacina (e nem poderíamos, por nao ter registro na ANVISA).

Apenas iremos ter, uma relação de pessoas interessadas na imunização, para que possamos melhor nos organizar internamente (evitando filas, aglomerações, justamente nesse momento de pandemia).

Não creio que esforços para que possamos melhor atender a população, venham a nos gerar problemas ou dificuldades”.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo