Ladrão que foi linchado em Blumenau é autor de ao menos outros três crimes no bairro Fortaleza

Autores de linchamento estão sendo investigados e podem ser indiciados pela Polícia Civil

Ladrão que foi linchado em Blumenau é autor de ao menos outros três crimes no bairro Fortaleza

Autores de linchamento estão sendo investigados e podem ser indiciados pela Polícia Civil

Alice Kienen

O ladrão que foi linchado por blumenauenses na manhã desta sexta-feira, 23, foi preso não apenas pelo roubo mas também por outros três furtos que cometeu no mesmo condomínio no bairro Fortaleza.

O homem também é suspeito de ter roubado uma cachorrinha do local na semana passada, mas a Polícia Civil ainda não conseguiu confirmar a informação. O animal da raça shitzu foi recuperado pela família.

De acordo com o delegado Felipe Orsi, que abriu o inquérito, foi possível identificar a relação dele com os outros furtos por conta das câmeras de segurança do condomínio. Um dos furtos registrado foi no dia 29 de setembro e o outro em 10 de outubro.

“Esse roubo de hoje foi um crime violento, porque ele entrou na casa da mulher que estava com o filho de 4 anos e entra em luta corporal com ela com uma chave de fenda. Quando ele foi pego, estava com a mochila de uma vítima de um caso anterior”, relata.

Por volta das 16h30, o criminoso recebeu alta do hospital e foi preso em flagrante pelo roubo. O delegado também pediu a prisão preventiva pelos furtos realizados anteriormente. O homem possui 16 boletins de ocorrência e havia saído da prisão no dia 10 de setembro.

Investigação para indiciar linchadores segue

Como o vídeo divulgado mostra apenas um momento do linchamento, a Polícia Civil quer buscar mais imagens e testemunhos para decidir como os envolvidos serão indiciados. A maioria deles já foi identificado, após serem encaminhados à Central de Polícia pela Polícia Militar.

“Podem ter acontecido outras coisas antes ou depois do vídeo. Os populares bateram bastante nele. A lesão corporal pode evoluir para grave ou gravíssima, a depender do laudo médico dele. A investigação irá para delegacia da área para analisar a situação”, relata o delegado Orsi.

Veja o vídeo do momento da agressão:


Quer receber notícias diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no grupo de WhatsApp do jornal

Prefere ficar bem informado pelo Telegram? O jornal tem um canal de notícias lá. Clique aqui para participar

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo