+

Mesmo sem mandado, suspeito de feminicídio em Blumenau deve se entregar à polícia

Pai das crianças estaria no interior de São Paulo

Kelber Henrique Pereira, principal suspeito de ter assassinado a ex-companheira Jéssica Ballock, de 23 anos, e o filho, Théo Pereira, de apenas três meses, pode se entregar à polícia nesta terça-feira, 25.

O homem de 28 anos estaria em Bragança Paulista, no interior de São Paulo. De acordo com o delegado Ronnie Esteves, responsável pelo caso, um advogado teria feito contato com a delegacia do município para que ele se apresente.

“Se o advogado fez contato lá, aqui não fez. Ainda estamos levantando mais informações e nem emitimos ordem de prisão, então nem tem para que entregar ele”, esclarece o delegado.

Kelber também é pai de Kalleb, o filho mais velho de Jéssica, que não foi localizado desde o crime. O menino completa dois anos no início de setembro. Pelas redes sociais, é possível perceber que há duas semanas os dois estavam juntos.

Crime ainda é investigado

A causa da morte de Jéssica e Théo ainda não foi confirmada por exames laboratoriais. Porém, ambos foram esfaqueados. A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Blumenau (DIC) abriu inquérito e trata o caso como feminicídio.

Redes sociais

Leia também: Amigos prestam homenagens e pedem justiça por mulher e bebê assassinados em Blumenau

Mãe e filho foram localizados no apartamento em que moravam na rua dos Caçadores, no bairro Velha. A princípio os policiais foram informados sobre a possibilidade de uma pessoa estar morta dentro do imóvel. Ao entrarem no apartamento confirmaram o óbito da jovem, mas também encontraram a criança, já sem vida, em cima da cama.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo