Metropolitano segue sem estádio para Série A do Catarinense em 2021

Clube usaria Augusto Bauer mas Carlos Renaux e Brusque firmaram contrato de exclusividade

Metropolitano segue sem estádio para Série A do Catarinense em 2021

Clube usaria Augusto Bauer mas Carlos Renaux e Brusque firmaram contrato de exclusividade

Por enquanto o Clube Atlético Metropolitano segue sem estádio para mando de campo dos jogos do Campeonato Catarinense Série A 2021. O time havia firmado parceria com o Clube Atlético Carlos Renaux para utilizar o estádio Augusto Bauer, em Brusque. No entanto, após o anúncio, os dois clubes brusquenses acordaram exclusividade para uso do campo no próximo ano.

O acordo foi fechado nesta quarta-feira, 23. Valdair Matias, presidente do Metropolitano, disse à reportagem que recebeu a notícia com tristeza. “No primeiro contato, o presidente do Carlos Renaux foi muito solícito. Disse que não ia ceder à pressão e agora ligou dizendo que não teve jeito”.

Agora, o time corre contra o tempo para encontrar um novo estádio para mando de campo dos jogos do Campeonato Catarinense Série A 2021.

Ele explica que a Federação Catarinense de Futebol cobra um local para a organização da tabela do ano que vem.

A diretoria aguarda resposta do Juventus de Jaraguá do Sul. Para o campeonato do próximo ano, o Metropolitano precisa de um estádio tenha irrigação automatizada, gramado tipo “Bermuda” ou similar, adequado sistema de iluminação e demais pré-requisitos contidos no manual da competição.

Na tarde desta terça-feira, 22,  a reportagem contatou o presidente do Carlos Renaux, Altair Heck, o Taíco, para conversar sobre como funcionaria a divisão do gramado entre os clubes. Ele disse que teria uma reunião com o presidente do Brusque, Danilo Rezini, às 17h.

Em entrevista na noite desta quarta-feira, 23, Heck contou que o assunto da exclusividade foi tratado durante a reunião nesta terça e firmado nesta quarta.

Ainda na terça-feira, a reportagem também conversou com um dos diretores do Brusque, André Rezini. Ele mencionou que a diretoria ficou surpresa com o anúncio de que o gramado do Augusto Bauer também seria utilizado pelo Metropolitano.

Heck diz que o Carlos Renaux esclarece que ainda não havia assinado contrato com o Metropolitano. Havia um entendimento entre as partes. Porém, devido ao acordo entre o Brusque e o proprietário do Augusto Bauer, o time blumenauense terá de encontrar outro local para jogar no ano que vem.


Receba notícias no seu WhatsApp: basta clicar aqui para entrar no grupo do jornal

Clique aqui e inscreva-se no canal no YouTube do jornal O Município Blumenau. Vem muita novidade por aí!

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo