Morador de Blumenau resgata cadela e 12 filhotes abandonados na BR-101; saiba como adotar

Animais estavam abandonados em área de mata no Rio Grande do Sul

Morador de Blumenau resgata cadela e 12 filhotes abandonados na BR-101; saiba como adotar

Animais estavam abandonados em área de mata no Rio Grande do Sul

Kamile Bernardes

O morador de Blumenau, Osni Fritzke, resgatou uma cadela e seus 12 filhotes enquanto dirigia pela BR-101, em viagem ao Rio Grande do Sul, no dia 30 de setembro. Visto que estavam abandonados em uma área de mata e debilitados, Osni decidiu fazer de sua casa um lar temporário para os animais.

Atualmente, com cerca de 30 dias de vida, os filhotes estão disponíveis para adoção. Seis deles já foram adotados, restando apenas a outra metade. Nas redes sociais, a família de Osni divulga a procura por um lar oficial para os animais.

Confira vídeo dos cachorrinhos

Adoção

Nessa terça-feira, 18, Paula Fritzke, nora de Osni, publicou no Instagram fotos dos cachorrinhos que ainda estão para adoção. Para que os seguidores possam acompanhar o processo de adoção de forma atualizada, ela também possui um destaque chamado “Doação dogs” em seu perfil.

Os interessados em adotar um dos cães, pode entrar em contato com Osni Júnior, através do telefone (47) 9191-3735. A ONG Protetor Diogo Orsi, que atua em prol dos animais, se comprometeu em oferecer castração gratuita  aos 6 meses para quem adotar os filhotes que restam.

História de um resgate inusitado pela estrada

Osni conheceu a mãe dos 12 filhotes quando ela atravessou a rua, na frente do carro do viajante, em uma região inóspita, ocupada apenas por campos e plantações de pinus, na cidade de Mostardas. Após completar a travessia, a cadela foi para o mato e começou a latir.

O homem, que prontamente entendeu os sinais do animal, entrou na área de mata e a seguiu. Conforme avançava o percurso, percebia ruídos quase inaudíveis e difíceis de identificar. Quando finalmente chegaram ao destino em que cadela desejava levá-lo, Osni se deu conta de que os ruídos eram, na verdade, choros dos 12 filhotes da cachorrinha desesperada.

Apesar de serem muitos filhotes, os barulhos eram praticamente imperceptíveis, pois eles estavam muito debilitados. Osni se deparou com os animais espalhados, gelados por culpa do clima frio e enlameados devido às chuvas que atingiam a região. “Do jeito que estavam, eles logo iriam morrer”, opina ele.

Arquivo pessoal

Para salvá-los, Osni pegou uma sacola plástica, colocou os 12 filhotes dentro e os levou para o carro, juntamente da cadela. Acomodou os animais no assento do carro e seguiu viagem. Osni, os 12 filhotes e a mãe ficaram hospedados em um hotel por uma noite, depois continuaram o trajeto em direção a Blumenau.

O percurso foi marcado por vários encontros com pessoas que decidiam ajudar com doações de caixas de papelão, toalhas ou até comida para os animais. Osni também conta que a cada 200 km, ele parava para que a cadela pudesse fazer necessidades e beber água.

“Em um restaurante que parei, um senhor me deu um saco cheio de restos de comida para ela comer, pois não estava comendo ração na época, não estava acostumada”, relata ele.

No momento, a cachorra está se alimentando e se encontra menos debilitada, no entanto, está sendo tratada de uma hemorragia interna. Osni e sua família ficarão com ela até que se recupere totalmente. Quando estiver bem, será castrada.

– Assista agora:
Conheça sete tipos de chope para experimentar na 37ª Oktoberfest Blumenau

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo